DR. MÁRIO BRAGA – A nova ordem política da região dos Cocais

Mário Braga cai na graça de Roseana e Murad

A inauguração da UPA em Codó trouxe esperança á população do município, inovação da mesma, alegria nos corações e um certo alívio na ansiedade para aqueles que necessitam de atendimento de qualidade.

Entretanto, a inauguração da UPA não foi, e nunca será, um momento só técnico, mas, oportunamente, político também.

CIUMEIRA

O médico codoense, Dr. Mário Braga, gerou surpresa e até mesmo uma pequena ciumeira perante seus pares presentes no evento. Humilde, observador, carismático, tecnicamente qualificado (inclusive foi anunciado por Ricardo Murad como especialista em UTI) e de pronunciamento fácil, diante do público, desbancou autoridades municipais já conhecidas e ditas influentes.

O jovem médico demonstrou, naturalmente, força política, adquiriu respeito e admiração do secretário de saúde do Estado, Ricardo Murad, e da governadora Roseana Sarney. Tinha trânsito livre entre os mesmos, esteve sempre na melhor posição.

Dr. Mário transitou com a governadora de forma diplomática, equilibrada e sólida, deixando alguns em estado de êxtase e, obviamente, também de raiva por parte de outros que se consideravam fortes, mas não provaram.

Desta forma, o jovem médico mostrou prestígio e força política.

MAS O PTC NÃO É DA OPOSIÇÃO?

Mas, curiosamente, Dr. Mário, é presidente do PTC – Partido Trabalhista Cristão – que, em nível de Estado, é partido de oposição . Diante desta dualidade, ele foi questionado sobre alguns pontos no complexo tabuleiro político que o mesmo se envolveu ou envolveram-no.

Perguntou-se:

DR. MÁRIO COMO O SENHOR SE SENTE JUNTO DA GOVERNADORA JÁ QUE O SENHOR É DA BASE DE OPOSIÇÃO AO GOVERNO DO ESTADO?

“Sou de um partido de oposição ao Governo do Estado, sou presidente do partido e continuaremos a luta em prol dos menos favorecidos, dos mais humildes e dos mais carentes. Em relação à governadora, Roseana Sarney, tenho observado sua preocupação em várias frente dos Estado, em especial à saúde do nosso povo. O governo do Estado tem trabalhado sim, trabalho estendido também para a região dos Cocais. Reconheço o trabalho, entretanto não sou irresponsável político. Precisa-se fazer oposição com responsabilidade, o que é correto apóia-se, é o que eu estou fazendo, o que é errado corrige-se. Como presidente do PTC, médico e cidadão tenho que contribuir positivamente”

Ao final filosofou, usando falas de Fernando Pessoa.

“Segundo Fernando Pessoa, que foi um poeta e escritor português, ele dizia – valeu a pena, tudo valeu a pena se a alma não é pequena, por tanto pra mim valeu a pena pois eu não tenho a alma pequena”, concluiu

Deixe uma resposta