Ex-líder do governo de Biné na Câmara fala sobre sentença dos 26 anos de cadeia do caso Saae

Domingos Reis

O advogado e vereador, Domingos Reis, na época líder do Governo de Biné Figueiredo na Câmara, falou a repórter Ramyria Santiago, da TV Palmeira do Norte, a respeito da sentença que condenou a mais de 26 anos de cadeia três ex-funcionários do Saae por Estelionato e Peculato, praticados entre os anos de 2005 e 2008 (RELEIA).

Dominguinhos proferiu a seguinte frase.

“As pessoas ocupavam cargo público e ficava por isso mesmo, cometiam delitos e ficava por isso mesmo, era o dinheiro do povo que tem que ser aplicado para o povo e não para as pessoas”, disse

‘CORPO DE BANDA’

Mas logo, literalmente, tirou o ‘corpo de banda’ ressaltando que não era ele quem estava dizendo aquilo, mas o entendimento da Justiça.

“Não to dizendo que o Paivinha, nem os outros dois condenados são desonestos, a Justiça assim disse, não é o vereador Domingos Reis”, frisou

REFORMA DIFÍCIL

No uso do microfone da Câmara disse achar difícil uma reforma da sentença no Tribunal de Justiça falando das qualidades do juiz singular que a proferiu. Para Ramyria disse algo parecido, também elogiando Dr. Cândido.

“Nós esperamos que isso tudo chegue ao final, que a população quer saber se realmente essa sentença vai prevalecer ou não. Não acredito que o juiz seja ingênuo em dar uma sentença contra as provas existentes nos autos, se ele assim o fez, se baseou em algo de concreto. Bem, na concepção do Dr. Cândido houve crime”, concluiu o advogado

Deixe uma resposta