Filho de Biné diz que Zito tirou a blitz da rua por que estamos em ano de eleição

Camilo Figueiredo

O deputado Camilo Figueiredo, curtindo o recesso parlamentar em Codó, tem aproveitado para aparecer um pouco mais na TV Cidade e, claro, soltar alguns verbetes ‘alfinetantes’ contra a administração de Zito Rolim.

Ontem, 4, criticou a falta de blitz de trânsito na cidade e começou a entrevista, concedida ao repórter Fernando Portela, lembrando de como, na opinião dele, os condutores foram tratados nos três primeiros anos do governo Cuidando de Nossa Gente.

“Especificamente em relação as blitzen nos três primeiros anos dessa administração, você que está me assistindo lembra muito bem disso, perseguiram a população de Codó, agrediram a família codoense, agrediram a juventude, pessoal comandado por ele, pago por ele, funcionário da Prefeitura chegou a agredir, bater em pessoas, pessoas ficaram machucadas, para os hospitais, para os postos de saúde”, disse

PAROU COM MEDO

Na concepção de Camilo, Zito deu uma freada na realização das blitzen porque chegamos ao ano eleitoral e este estaria temendo perder votos. O deputado assegurou que, logo após a eleição, caso Rolim obtenha a graça da reeleição, voltará as ruas com todo gás possível fazendo o mesmo dos três primeiros anos.

“E ele parou, de imediato com isso porque nós estamos aí próximo do ano eleitoral, nós já estamos no ano eleitoral, mas eu não tenho dúvida nenhuma de que logo depois da eleição se ele chegar a ser reeleito, que eu tenho certeza que ele não vai conseguir porque já enganou uma vez e eu tenho certeza que o povo não vai dá mais essa oportunidade pra ele, ele voltaria essas blitzen, voltaria a perseguir as pessoas, voltaria a machucar as famílias codoenses”, disse

Deixe um comentário