Governo fala sobre real acordo com agentes de combate às endemias

Francisco Santos Leonardo

O governo municipal por meio do assessor de endemias, Francisco Santos Leonardo, prestou esclarecimentos ao blogdoacelio sobre o acordo com o agentes de combate às endemias publicado neste veículo de comunicação com base em informações do agente Ronaldo.

Esclareceu ele que Ronaldo sequer participou da reunião onde estavam ele, assessor, o procurador-geral do município, Ricardo Torres, e os representantes da categoria Jean, Tôta, Raimundo Ribeiro e outros.

ACORDO

Na verdade, segundo Leonardo, o que ficou acertado foi uma antecipação do pagamento do novo salário, cujo valor é de R$ 619,21. Algo que só ocorreria a partir de janeiro foi antecipado com a anuência dos agentes que já receberão novembro e dezembro de 2011 com este reajuste.

“Nada mais ficou acertado, o aumento de cerca de R$ 4.000,00 apenas no repasse federal deles permite este reajuste, o prefeito Zito concordou e assim foi feito. Foi apenas isso e eles concordaram”, afirmou o assessor

R$ 100,00?

Quanto aos R$ 100,00 a mais, explicou que o valor corresponde as visitas que são feitas pelos agentes à zona rural e este só é incorparado aos seus vencimentos ao final de cada ciclo, ou seja, de dois em dois meses. Outro detalhe é que só ganha os R$ 100,00 de diária por deslocamento aquele que, realmente, vai para a zona rural.

“Ao final de cada ciclo a gente envia todos eles para a zona rural. Os R$ 100,00 não são de gratificação como ficou parecendo na informação anterior, são o correspondente a cinco diárias, isto é, uma semana de serviço na zona rural e só recebe quem, realmente, trabalha, é bom que se diga isso”, esclareceu Leonardo

COMPROMISSO

Na mesma conversa, além de concordarem em voltar ao trabalho, os agentes também se comprometeram a chegar às 7h30min da manhã e sair para o campo (ruas e avenidas) às 8h, impreterivelmente. Também teriam prometido evitar, como ocorre entre alguns, serem vistos de bermuda em pleno horário de serviço ou fazendo coisas que não condizem com a função de cambatedor de endemias na hora do trabalho.

Deixe um comentário