Gracinaldo reclama de falta de reconhecimento aos vereadores pela estrada do IFMA

Gracinaldo Ferreira
Gracinaldo Ferreira

O vereador, Gracinaldo Ferreira, do PSL, reclamou da falta de reconhecimento da imprensa sobre a participação dos vereadores na obra de asfaltamento da badalada estrada que liga do Codó Novo ao prédio do Instituto Federal do Maranhão – IFMA.

Disse que  viu nos blogs uma disputa por quem seria o pai da bela criança, mas ninguém tocou no nome dos alunos, muitos menos ainda no dos vereadores.

“Mas nós estávamos lá, não fugimos da batalha, assim como nós enfrentamos muitas outras  batalhas neste município que muitas vezes o nome da gente nem aparece, mas nós estamos lá”, disse

É DOS ALUNOS

O parlamentar encerrou esta parte de seu discurso reconhecendo que 90% do sucesso  na luta pela estrada construída pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura comandada por Luís Fernando Silva, são dos alunos do IFMA.

“Mas eu quero aqui nesse momento dizer que 90% deve ser creditado ao alunos daquele instituição, são os verdadeiros heróis, são quem, de fato, merecem ser parabenizados por pôr a mão na massa, mostraram que se unirem e irem pra guerra se consegue muita coisa”, afirmou

9 comentários sobre “Gracinaldo reclama de falta de reconhecimento aos vereadores pela estrada do IFMA”

  1. E nós, alunos do IFMA, ficamos só a observar gente que nunca se quer quis nos receber, dizendo que foi fundamental para a realização da obra. Mas não podemos negar a participação da Câmara nesse processo, que em menos de 24 horas pós protesto, estiveram em nossa casa, para ouvir e ao menos tentar resolver o problema. Mas jamais, podem tirar o mérito a quem de fato pertence: AO ALUNOS DO INSTITUTO FEDERAL, que foram as ruas com muita garra e determinação até que deslocaram do Governo quase R$ 900.000 e estar aí a obra. Isso mostra que quando o povo estar unido, o “impossível”, acontece!

    1. Calixto, concordo plenamente com você! Como também com o Vereador Gracinaldo. Foram os primeiros a ser acionados e foram os primeiros que se uniram aos alunos para somar foças. Com toda certeza, o mérito é dos alunos do IFMA, que deram uma lição, que quando o povo se mobiliza o povo é ouvido. Os Vereadores fizeram sim a sua parte ao somar forças com os alunos, como também o prefeito, que se disponibilizou, ao receber e se juntar aos alunos para a conquista da obra; e o Governo do Estado por ter ouvido ao voz do povo (alunos, vereadores, prefeito, deputados e até segundo alguns, a imprensa de Codó)e concluído a tão sonhada e necessária obra.

  2. A boca do primo do ze matraca agora aprendeu a palavra “Aceleza”q só fala ela agora em todo comentario, igualmente criança quando aprende falar pai e mãe

  3. A obrigação dos representantes dos povo não é receber honra ao mérito a cada obrigação constituída não, pois os mesmos são bem remunerados para cumprir seu papel de servidor do povo. A revolução francesa foi constituída não pelos bem vistos poetas da época como Jean-Jacques Rousseau, Montesquieu dentre outros, mas sim, pelos chamados poetas da sarjeta que não se importavam se estavam sendo reconhecidos ou não ele queriam mudar aquela situação, pois pesavam no povo e não neles mesmos.

Deixe uma resposta