Fale com Acélio

Missa dos 80 anos da União Artística Operária Codó

Hoje pela manhã a União Artística e Operária Codoense comemorou 80 anos de fundação com uma missa celebrada pelo padre José Pelegrinni. Participaram sócios e demais religiosos, entre estes o escritor codoense João Bastista Machado.

O blogdoacelio conversou com o atual presidente, Hildelano José de Sousa Lima, há 12 anos a frente da sociedade que foi criada em 1932 pelo pedreiro Abdias Antonio dos Santos e pelo barbeiro Luiz Gonzaga de Sousa, tio de seu Hildelano.

A HISTÓRIA

Contou o presidente que seu Abdias Antonio foi à uma festa realizada na União Artística de Caxias, voltou encantado com a receptividade e com a organização do clube que agregava a classe operária daquela município.

“Seu Abdias, que era pedreiro, foi à Caxias numa festa grande, e lá vendo a recepção que foi feita não só pra ele, mas para os demais que lá estavam, pedreiro, carpinteiro, barbeiro e outros operários, ele chegou aqui empolgado do que viu”, contou

Ao chegar à Codó, procurou o barbeiro Luiz Gonzaga.

Hildelano José de Sousa Lima

“Ele chamou meu tio que era barbeiro, Luiz Gonzaga de Sousa, e deu a ideia pra ele. Ele se empolgou com a ideia e, imediatamente, começaram a cogitar a ideia de fundar a sociedade, fizeram arrecadações e fundaram a sociedade, daí o surgimento da União, em 1932. Não aqui nesse local, aqui já foi em 1935”, lembrou

CAIXÃO DE BURITI

Mas também existe a versão de que a União teria sido criada para atender á uma necessidade da classe que era enterrada em caixões de Buriti.

“Naquela época um operário ser enterrado em caixão de buriti, eles acharam que era muito ridículo, então a sociedade foi criada por ele, primeiro pelo que aconteceu em Caxias, e até pra dar um enterro mais digno pro sócio”, explicou Hildelano

ATUALIDADE

Atualmente a União Artística e Operária Codoense tem cerca de 500 sócios aposentados, espalhado por todo o Brasil, 70 efetivos apenas. Hildelano reclamou-se da falta de renovação do quadro de sócios e disse que gostaria de ver a União, literalmente, rejuvenecida.

“Só complementando, você não ver o ingresso de nenhum jovem na sociedade, ninguém quer ser sócio…O SENHOR GOSTARIA DE VER ESTA RENOVAÇÃO? eu gostaria de ver, gostaria de ir pro rádio ou televisão pra falar sobre a União, se não voltasse no caráter como ela começou, mas que voltasse com outra roupagem, ou seja o sócio família, como estas sociedades modernas já fazem”, frisou

Deixe um comentário

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

EDITAL

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

FACULDADE IPEDE

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

MUNDO DOS PARAFUSOS

Av. SANTOS DUMONT
CONTATO: (99)98161-3612

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Cacau Show – Codó-MA

 

Reginaldo

Baronesa Janaína

SÔNIA VARIEDADES

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias