Hospital Geral de Peritoró já realizou mais de 36 mil procedimentos

O Hospital Geral de Peritoró, especializado em traumas, inaugurado recentemente, já registrou mais de 36 mil procedimentos, de acordo com informações da direção clínica e administrativa.

O médico Josué Junior explicou ao blog que só de procedimentos cirúrgicos a média chega à 350 por mês. São pacientes graves que chegam vítimas de acidentes de carro à esfaqueamento e traumas causados por armas de fogo.

“Conseguimos fazer esta média, as vezes varia um pouco pra mais, as vezes pra menos, 350 procedimentos cirúrgicos até mesmo pela própria localização do hospital. Se você ver o hospital de Peritoró está numa espécie de entroncamento no qual a gente tem um radio de mais ou menos 70 kms, numa média de 45 municípios (…) e o nosso perfil é de um hospital de trauma, então por isso é que tem este grande volume cirúrgico”, explicou Dr. Josué que é diretor-clínico da unidade.

A ESTRUTURA

A estrutura mantida pelo Governo do Estado é considerada das melhores na região. O Hospital Geral de Peritoró conta com:

  • 2 ortopedistas de plantão
  • 2 cirurgiões-gerais
  • 2 clínicos gerais ( 1 acompanha todos os pacientes graves da semi-UTI e outro que faz  toda parte de triagem e atendimento na porta)
  • Pediatra diariamente
  • Médico de ultrassonografia (pra ver as imagens)
  • Raio X
  • Foi adquirido recentemente um Tomógrafo

Em entrevista ao blog a diretora administrativa, Ester Moura, falou sobre sua estrutura de forma elogiosa.

“Isso é muito importante porque como somos um hospital porta aberta para o trauma, então chega paciente politraumatizado que precisa fazer um exame de crânio, de abdômen e isso vai agilizar o diagnóstico e os procedimentos que poderão ser feitos’, disse

Falou ainda sobre seus 50 leitos, alguns destinados à obstetrícia de mulheres que moram em Peritoró.

“São 50 leitos, mais os 6 da semi-UTI, tem dia que, realmente, estamos com lotação completa, pediatria, funciona a obstetrícia local das gestantes de Peritoró. Foi muito bom porque atendemos vários municípios dessa região daqui e que tem uma equipe boa. Eu digo que meus colaboradores são meus maiores parceiros”, completou a diretora

Um comentário sobre “Hospital Geral de Peritoró já realizou mais de 36 mil procedimentos”

  1. É um matadouro sem escrúpulos,os cirurgiões fazem cirurgia d alto risco sem ter u.t.i e assim seus pacientes ficam lá esperando a morte pq eles não tem coração para procurar um hpspital com u.t.i para manda-los para salvar suas vidas,gente qem tem amor aos seus familiares não deixe operarem eles ai pq vcs estão entregando eles a morte principalmente os idosos,por favor não permitam,minha mãe chegou neste hospital falando e caminhando operaram ela ai e dpois disso ela nunca mas acordou,colocaram ela na semi u.t.i deixaram o quadro dele se agravar totalmente e eles nunca pediram para q ela fosse transferida para um hospital onde tivesse u.t.i somente apos eu começar a perguntar pq vcs não a mandam para uma u.t.i foi q eles colocaram o nome dela na fila,e ai ja não tinha mas jeito pois ela ja estava muito debilitada,após chegar a u.t.i de Coroatá passou-se mas ou menos uns 10 dias ela faleceu por infecção generalizada,tudo isso graças a toda a equipe de medicos e cirurgiões de peritoró ou melhor açougueiros do hospital. Regional de peritoró.matam a minha mãe.

Deixe um comentário