Investimentos milionários do grupo FC Oliveira são destaques na coluna de ECONOMIA do jornal O ESTADO DO MA

Chiquinho Oliveira é destaque em O ESTADO
Chiquinho Oliveira é destaque em O ESTADO

O grupo FC Oliveira foi destaque no caderno ECONOMIA do Jornal O ESTADO DO Maranhão de ontem, domingo (29), jornal que é o de maior circulação do nosso Estado. Numa entrevista que gerou inteligente reportagem ao jornalista Ribamar Cunha, o industrial Chiquinho Oliveira falou de investimentos milionários já em andamento e futuros, além de suas novas fábricas.

O ESTADO frisou que o grupo vive um momento de expansão com investimentos de R$ 30 milhões, previstos só para 2013, ‘na ampliação e melhoria de suas instalações industriais no município de Codó”.

O industrial informou que investiu este ano 15 milhões de reais na instalação de um Centro de Distribuição na cidade de BENEVIDES, Estado do Pará. A finalidade será atender aos Estados do Norte do país com os produtos de limpeza  da Marca Econômico, principalmente, fabricados na Princesa do Itapecuru.

A MARANHÃO EMBALO

Dentro de Codó, segundo a matéria, “a planta industrial está em franca expansão com a instalação de uma fábrica de embalagens de papelão – a MARANHÃO EMBALO – prevista para entrar em operação em janeiro de 2014 com capacidade para produzir  2 mil toneladas/mês de caixas”. As máquinas estão sendo importadas da China, uma das mais fortes e competitivas economias do mundo por causa, dentre outros motivos,  de sua tecnologia avançada.

PAPEL HIGIÊNICO

Ao jornal o industrial, Chiquinho Oliveira, também informou que ano que vem vai investir outros R$ 30 milhões de reais na instalação de uma fábrica de papel higiênico e que, no momento, está viabilizando os recursos.

“A indústria em Codó reúne ainda uma planta de reciclagem de plástico e  será a primeira no Nordeste a produzir álcool 70 produto que é largamente utilizado para desinfecção em unidades hospitalares”, descreve a matéria

CRESCIMENTO QUE GERA RENDA

No restante da reportagem se tem uma exaltação aos números conseguidos pelo grupo FC Oliveira em 31 anos de atividade. Diz a matéria que ele hoje sustenta  um mercado de 15 mil empregos indiretos e que os negócios, que começaram em 1982, com venda de óleo babaçu ‘se ampliaram para o ramo de produtos de limpeza, velas, alimentos, pecuária de corte e frigorífico, empresa de rádio e TV  e 8 concessionárias de motocicletas da marca Yamaha”.

O jornalista, Ribamar Cunha, encerra sua reportagem informando que brevemente a FC MOTOS abrirá uma concessionária também na capital do Maranhão, São Luís.

6 comentários sobre “Investimentos milionários do grupo FC Oliveira são destaques na coluna de ECONOMIA do jornal O ESTADO DO MA”

  1. O GRUPO FC ESTA DE PARABENS PELA IMPLANTACAO DE MAIS UM EMPREENDIMENTO,
    COMO UMA OPINIAO CONSTRUTIVA O GRUPO SO ERROU NAS COMPRAS DAS MAQUINAS DA CHINA. SAO AS MAIS BARATAS QUE CHEGAM A SER CONSIDERADAS “DESCARTAVEIS” ALEM DA DIFICIL REPOSICAO DE PECAS.

  2. MATÉRIA PAGA OU NÃO, O QUE INTERESSA É A RELEVÂNCIA PARA O MUNICÍPIO,
    SEMPRE CONHECIDO COM A TERRA DA MACUMBA. O MUNDO MUDOU, CODÓ ESTÁ MUDANDO
    PARA MELHOR, UM AVANÇO CUJO CRÉDITO É DA INICIATIVA PRIVADA. QUEIRAM OU
    NÃO, TEMOS QUE PARABENIZAR O GRUPO FC OLIVEIRA E OUTROS QUE ACREDITAM NO
    NOSSO POVO. PARABÉNS, É O MÍNIMO QUE EU POSSO DESEJAR.

Deixe um comentário