Juiz do Trabalho se desloca de Caxias e realiza 61 audiências na cidade Codó

Quem é de Codó e Timbiras  só resolve problemas na Justiça do Trabalho se for  à Caxias. Isso representa gastos para o cidadão e muitas vezes vira até  motivo de desistência da busca por direitos já adquiridos, daí a importância, sustentou-nos o juiz federal do Trabalho Dr. Higino Galvão, da Vara  Itinerante, ou seja, aquela que vai até quem precisa dela.

  “A finalidade da Justiça é, pelo menos, é trazer justiça e paz social e eliminar estes custos, as pessoas já têm tantos custos, tem um crédito pra  receber e ainda vai gastar mais com isso, não, nossa intenção é eliminar o máximo os custos e  facilitar do acesso da pessoa à justiça”, disse

Durante 4 dias, trabalhadores de duas cidades puderam participar de audiências da Justiça do Trabalho realizadas no Fórum de  Codó, encerradas ontem, quinta-feira, 5 de março de 2020.

Sessenta e um processos foram postos em audiências durante esta itinerância aqui no município, 50 de trabalhadores de Codó e 11 de Timbiras.

Juiz do Trabalho, Dr. Higino Galvão, de Caxias com sua equipe de servidores

 “Por um lado financeiro, também a distância, melhor aqui, é mais perto e também a questão da agilidade, resolve rápido, ficou por aqui mesmo”, disse a professora Josenilde Lira

A auxiliar de serviços gerais, Mice Maria Dutra  destacou que  nem precisou faltar ao serviço, como seria necessário se fosse em Caxias.

 “Não precisa perder um dia ou dois dias de serviço…SE FOSSE PRA CAXIAS…a gente ia perder um dia ou dois, né”

O juiz e sua equipe também aproveitaram a itinerância para tentar resolver a execução de processos antigos, parados por falência de empresas ou falta de localização de patrimônio que possa ser usado para pagar trabalhadores.

Iniciativa do deslocamento da Justiça para Codó foi elogiada por todos.

Justiça do Trabalho Itinerante em Codó 05 03 2020

“É mais fácil a Justiça se deslocar pra atender um determinado  número de pessoas que tão precisando de acesso á Justiça do que, as vezes, um elevado número de pessoas  ter que se deslocar, ao mesmo tempo, pra outra cidade pra ter acesso a um direito que as vezes tá sendo negado, então por isso é tão importante esta itinerância da Justiça do Trabalho”, concluiu o advogado trabalhista, Dr. Leandro Cardoso

2 comentários sobre “Juiz do Trabalho se desloca de Caxias e realiza 61 audiências na cidade Codó”

  1. Por que nossa cidade de Codó nao pode ter seu próprio juiz do trabalho , ainda ficamos a merce da cidade de Caxias , temos mais de 120 mil habitantes , ta na hora de Codó andar com sua própria perna , parar de ter que nos deslocar tudo pra Caxias e ganharmos nossa independência .

Deixe uma resposta