Justiça convoca 600 pessoas que tiraram documentos no cartório de Timbiras

A lista com 600 nomes está afixada na Câmara Municipal, no prédio da Prefeitura de Timbiras, no Fórum e no Ministério Público.

As pessoas da lista fazem parte de cerca de 1.000 processos propostos pelo Ministério Público e a Justiça as está convocando para dirimir dúvidas que surgem quando da análise dos documentos, para assentá-lo no livro do cartório, coisa que não foi fita com muita gente, ou, sendo caso, para anular de vez tais documentos.

PROMOTOR EXPLICA

Dr. Edilson Santana

No trabalho de identificação daqueles com documentos sob suspeita o promotor de Justiça da Comarca, Edilson Santana (foto), revela que muitos já foram, efetivamente, cancelados. Grande parte pertence a gente que já morreu.

“É pra responder em processo que nós ajuizamos para investigar a identidade das pessoas que teem registro sob suspeita (…) no geral são aproximadamente mil ações e o Fórum já informou que aproximadamente 500 deles já estão sentenciados, parte deles ta vindo para ver a ciência já da resolução, maior parte deles teve, boa parte, registro com identidade confirmada e outras cancelados, mas inclusive quanto a própria existência dessa pessoa,são registros antigos, pessoas da faixa de 70, oitenta nos, mas que infelizmente não foi possível identificá-los e estes correspondem a maior parte dos registros que foram anulados”, disse

PROVAR QUE EXISTE

Comunicados da Justiça estão sendo enviados para diversas partes do Brasil onde encontram-se pessoas que tiraram documentação no cartório de Timbiras, sob intervenção desde maio do ano passado quando a Polícia Federal instaurou inquérito para investigar irregularidades.

Todos terão que aparecer para, entre outras coisas, provar que existe para o Estado.

“Quem não comparecer ao processo, quem não ajudar a Justiça a se identificar, a demonstrar que existe, que está no mundo, pode ter o registro cancelado (…) na verdde está sendo enviado ofício de citação para diversas cidades do Brasil, pessoas que foram registradas aqui. Registros feitos com irregularidades formais, essas pessoas estão recebendo em casa as citações, elas também vão responder e chegando-se a uma conclusão anula-se ou ratifica”, esclareceu Dr. Edilson Santana

6 comentários sobre “Justiça convoca 600 pessoas que tiraram documentos no cartório de Timbiras”

  1. É sempre bom saber que a justiça de nosso país e de nossa cidade está funcionando.
    Graças a Deus e ao Promotor de Timbiras pessoas que já faleceram poderão descansar de uma vez por todas e não precisaram sair de seus túmulos para votarem em candidatos horríveis que só atrasam a nossa cidade.
    Parabéns senhor Promotor por essas e todas as iniciativas que estão ajudando a amenizar a dor de nosso povo.

  2. por isto é que a chica da foto, nato sales, manoel rocha, lázaro,etc. ganhavam eleição em timbiras.
    agora pelo jeito a mina acabou… parabens dr. edilson.

    acabou também os mais de 700 votos que o lula dava para esses bandidos de timbiras, acabou bando de…..

Deixe um comentário