Lavrador é preso por estupro após beijar filha de criação

Confessa o beijo

O lavrador, José Raimundo dos Santos, de 52 anos, foi denunciado pelo pai biológico da menina de 12 anos que o suspeito criava desde os primeiros meses de vida. A criança teria contado sobre o intuito do homem que a viu crescer aos familiares que então entenderam que ela corria perigo.

BEIJO NO ROSTO

O suspeito confessou em depoimento que deu início a um ato involuntário após breve conversa com a garota e chegou a beijá-la no rosto. Sobre por que teria feito isso, respondeu apenas que não sabe explicar.

O delegado informou que aguarda o resultado do exame de corpo de delito para saber se o suspeito fez algo além do que diz, mas de qualquer forma por causa do novo tratamento da lei, ele já será autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

“Eles nos conta que fez alguns toques na menina, a beijou e nós estamos aguardando o exame de corpo de delito pra saber se teve alguma outra violência à menor, mas ele está sendo autuado por estupro de vulnerável porque além da conjunção carnal, o ato libidinoso diverso caracteriza este crime, é uma pena também grave com pena de 8 a 12 anos de reclusão e ele está sendo autuado em flagrante e vai responder na Justiça por esse crime”, disse o delegado

Deixe um comentário