Lavrador espanca companheira até a morte

Osmar

O lavrador, Osmar da Silva Sousa, de 39 anos, foi preso ontem ,20, em flagrante por moradores do povoado São Cristóvão onde o crime ocorreu. A reação das pessoas veio após a percepção de que a vítima passava mal após um espancamento.

Benedita Carvalho, de 31 anos, ainda chegou viva à este hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o laudo médico houve fraturas nas costelas e órgãos vitais foram atingidos.

inúmeras fraturas, foram constatadas inclusive lesões fortes por dentro do baço e do fígado, foram comprometidos, estouraram”, disse a delegada Maria Tecla

RELAÇÃO VIOLENTA

Osmar disse à delegada que os ferimentos que levaram sua companheira à morte vieram de um queda de bicicleta que os dois sofreram em razão da embriaguez do casal. Testemunhas ouvidas já revelaram que a história é outra.

Maria Tecla Cunha disse que os dois viviam a 12 anos uma relação conturbada e a mulher já havia sido espancada diversas vezes, segundo relato de uma filha maior de idade. O lavrador acabou indiciado por homicídio culposo.

“Não houve por parte dela nenhuma denúncia. Não se pode agora questionar por quais motivos ela não fez a denúncia…a mulher deve sempre denunciar qualquer ato de agressão, é recomendável” , alertou

Deixe uma resposta