Lavradores vão construir ponte do Codozinho com madeira da região da Colônia

Arquivo: maio de 2009

A ponte sobre o rio Codozinho dominou a noite fazendo parte da maioria dos discursos de ontem, 31, na Câmara de Codó. Tudo começou com a informação do vereador, Hildemberg Oliveira, dando conta de que os moradores da região da Colônia/Condurú estão se organizando para construírem tudo de madeira, como antigamente.

Tudo viria da mata local, Hildemberg seria o engenheiro da obra e demais profissionais que auxiliariam tecnicamente na construção seriam pagos. Um breve orçamento de cerca de R$ 20.000,00 já teria sido levantado. Depois João de Deus chamou a atenção de todos para a possibilidade de se construir de madeira e depois vir a obra do governo do Estado tendo que fazer descer por água abaixo todo o esforço dos lavradores, que não agüentam mais esperar.

Hildemberg manteve sua posição de apoio aos lavradores, mas acabou concordando com João em partes. “De madeira a população tem condição de construir. Da forma que eles vão fazer, estão fazendo, vão ter condição de construir, mas não fica legal, depois de um prejuízo danado, ou seja, depois de trabalho de tudo, você jogar isso fora, até mesmo a própria madeira que foi tirada de uma reserva florestal”, disse

APERTANDO ROSEANA

O que restou

Entre os mais estatelados com o tema, esteve o vereador, Chiquinho do Saae, que criticou a falta de oposição ao governo de Roseana Sarney em Codó. Disse que a imprensa dos poderosos se cala diante de fatos que envolvam a governadora.

Diante disso, sugeriu que os vereadores fretem uma condução e se desloquem à São Luís para dar pressão em Roseana. O objetivo, segundo o parlamentar, é fazê-la entender que em Codó existem vereadores preocupados com a situação. “Vamos alugar uma Van, vamos à São Luís, vamos levar a imprensa de Codó e vamos mostrar pra governadora que os 11 vereadores e deixa o Jornal do Maranhão rasgar bem no meio, os jornais que são oposição e dizer que os 11 vereadores de Codó tão lá por causa de uma ponte porque essa balela de todo dia 31 fazer essa ponte, isso não existe, vamos fazer a nossa parte

ESQUECERAM DA CADEIA
Muitos colocaram governos estaduais anteriores como exemplos de grandes construtores de pontes em estradas da região, mas todos omitiram o escândalo da Gautama que resultou em cadeia federal para ex-governadores citados por alguns.

NOVA PROMESSA
Cumprindo seu papel institucional na Casa, Leonel Filho, disse que o governo já fez novo contato com uma empresa (cujo nome não fora citado) que teria ganho outra licitação, estabelecendo-lhe prazo de 30 dias para início da obra. A mesma empresa, segundo o líder do governo, teria se comprometido a iniciar a construção em 20 dias.

“Se ela não der início à obra nos próximos 30 dias, a segunda empresa será chamada, então a empresa garante, A empresa que ganhou a licitação garantiu que num prazo de 20 dias dará início à obra”, disse

14 comentários sobre “Lavradores vão construir ponte do Codozinho com madeira da região da Colônia”

  1. Construção de pontes é dever do estado, portanto, quem deve construir a ponte são os governantes, a sociedade tambem deve exercer o seu papel, reinvindicar os seus direitos, cobrar urgência na execução da obra. Agora esses oportunistas que se dizem sencibilizados, que vão ajudar, que estão do lado do povo da região, é pura balela, quem não conhece Hildemberg Oliveira? quantos mandatos esse moço já teve? quantas vezes foi secretário de obras? quantas vezes ele reformou aquela ponte a mando do Biné? pergunte para ele porque a ponte caiu, com certeza ele vai dizer que a culpa é do Zito. Vocês sabiam que o Biné está viajando para Fazenda Bomfim por Timbiras? que ele mandou arrumar a estrada que dar acesso à fazenda pelo municipio de Timbiras. Temos que ter cuidado, são todos farinha do mesmo saco, tiram proveito da miseria dos outrros para se darem bem, cruz credo, hô coja de gente ruim, oportunista, intereceiros…

Deixe um comentário