Líder do Governo propõe audiência sobre segurança pública na Câmara Municipal de Codó

Leonel Filho
Leonel Filho

A Câmara Municipal de Codó voltou de seu recesso nesta segunda-feira (3). Após 01 mês de recesso, os Vereadores voltam aos trabalhos legislativos com muitos projetos pela frente.

Em seu discurso de boas vindas ao público na plenária, o líder do governo na câmara, Vereador Leonel Filho (PTN), cumprimentou os presentes, funcionários da Casa do Povo e imprensa. O parlamentar também usou a tribuna para parabenizar os estudantes do IFMA pela nova estrada que liga ao campus e ao trabalho conjunto entre o poder legislativo, o executivo municipal e autoridades da AL e do Governo do Estado do Maranhão pela concretização da importante demanda para os estudantes de Codó.

Leonel também ponderou sobre alguns problemas dos serviços bancários no município, como as deficiências no atendimento e as restrições da área física da agência do Banco Bradesco, localizado no centro da cidade. “É necessário que a área do Banco seja adequada, o que irá melhorar o atendimento ao público. Isso foi feito com a Caixa Econômica Federal, que hoje conta com uma agência moderna e instalações para o público”. Disse.

Audiência sobre segurança pública       

A situação da segurança pública de Codó deverá ser a pauta de uma Audiência Pública na Câmara Municipal. A proposta, de autoria do vereador Leonel Filho, foi levada ao parlamento municipal por meio do requerimento Nº 01/14 propõe discutir, em plenário, ações de segurança a serem desenvolvidos para o melhor atendimento da população codoense no âmbito da segurança. A audiência contaria com a OAB e autoridades competentes municipais e estaduais ligadas a segurança pública.

Indicações

Por meio das indicações de número 01,02 e 03/14 o vereador Leonel Filho solicitou ao poder executivo a colocação de quebra-molas de contenção de velocidade na Rua Coelho Neto, em frente à Igreja da Matriz; a recuperação dos Box dos vendedores de pescado e frutos do mar no Mercadinho do Peixe; e a recuperação do piso do mercado do peixe, em torno do mercado das vísceras e o piso que dá acesso ao setor de venda de frangos, na área do mercado central.

Ascom/Vereador Leonel Filho      

8 comentários sobre “Líder do Governo propõe audiência sobre segurança pública na Câmara Municipal de Codó”

  1. Boa lembrança vereador a segurança pública é um assunto hoje debatido em nível nacional nossa cidade também tem que ser melhorada, vereadores não tomam decisões mais podem sim junto com as outras autoridades cobrar e da ideias de melhoria.

  2. ESSE VEREADOR PENSA QUE O POVO É BESTA,A MAIS DE 1 ANO ELES TROUXERAM O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA ALUISIO
    MENDES PARA UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA ONDE O SECRETÁRIO PROMETEU ATÉ UM CORPO DE BOMBEIROS PARA CODÓ OU ELE ESQUECEU.AGORA VEM COM ESSA BALELA,CHEGA DE CONVERSA FIADA, QUEREMOS É ATITUDE.

    1. MAS MEU, GRAÇAS A ESTAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS REALIZADAS PELOS VEREADORES MUITAS COISAS JÁ MELHORARAM NA ÁREA DA SEGURANÇA, EU VEJO.
      FOI DEITA UMA NOVA DELEGACIA.
      TEM UM BATALHÃO SENDO CONSTRUIDO.
      O EFETIVO DA POLICIA TEM AUMENTADO.
      JÁ VEIO NOVAS VIATURAS PARA CODÓ.
      O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER, SÓ SABE RECLAMAR E NÃO FAZEM NADA POR NINGUÉM.
      VALEU VEREADORES, VALEU LEONEL, POLE MENOS ESTÃO LUTANDO POR NÓS.

  3. Não tem o que dizer, por isso fala o óbvio. 5 anos de medo e agora quer segurança. Chega meninão, exija do teu prefeito saúde e educação. o Resto é balela.

    1. Segurança não é balela é prioridade, hoje os bandidos matam, destroem famílias e depois são soltos, e quando um bandido morre ainda tem os direitos humanos para defende-los.
      E quanto as vitimas destes assassinos e bandidos, o Senador Edinho Lobão é que estava certo, enquanto a comissão de direitos humanos do Senado ceio visita os presos, mas não foi nem segue visitar as vitimas e familiares das vitimas das pessoas incendiadas no ônibus em São Luís

  4. O que falta é o cidadão ter o direito a porte de arma. Quem depende de segurança publica tá é ferrado.
    As “autoridades” já tem seguranças e pq o cidadão não pode escolher se defender? Povo Armado é um povo prevenido. Basta ver alguns estados dos EUA, eles não abrem mão dos seus direitos, outro exemplo a Suíça.

    Arma na mão do cidadão não é só pra se defender de bandido não, mas do Estado se preciso for.

    Minha arma é a minha liberdade.

Deixe uma resposta