Fale com Acélio

Dra. Linda Luz e Dr. Vlademir

O Ministério Público Eleitoral foi quem convocou a reunião com candidatos, imprensa e representantes de coligações realizada ontem (22), no auditório da escola Ananias Murad. Na oportunidade, abriu espaço para que todos tirassem suas dúvidas e a maioria delas referiu-se à propaganda eleitoral.

Adesivos em veículos, pintura de muros e outros problemas que estão surgindo diariamente na promotoria.

“Tem muitos equívocos, simples, que o candidato pensa que está fazendo a propaganda correta quando está fazendo-a de forma ilegal”, alertou o promotor eleitoral (69ª zona) Vlademir Soares de Oliveira.

O membro do MPE, também falou sobre que providências estão sendo adotadas, de pronto, quando os casos são constatados.

“A justiça eleitoral juntamente com o Ministério Público está notificando, geralmente ele tá retirando a propaganda irregular, agora se ele manter a propaganda irregular, além dele ser multado ele está sujeito a sofrer um processo depois da eleição, caso seja eleito, a processo por abuso de poder político, econômico, exatamente isso que nós estamos querendo evitar”, disse

AÇÃO POR ABUSO DE PODER

Plateia no auditório Ananias Murad

Dos casos de abuso de poder cuida a promotora Linda Luz (7ª Zona Eleitoral). Revelou que já existem processos sob investigação da promotoria e ainda este mês algumas ações deverão ser encaminhadas à Justiça.

Ela não revelou quem é ou quem são os candidatos que já poderão ter problemas com abuso de poder (Econômico, Político ou de uso dos meios de comunicação).

“O que restou configurado, abuso de poder econômico, abuso de poder político, dos meios de comunicação social ou abusos de qualquer sorte que enseja a atuação da 7ª zona, ta sendo processado na sétima, inclusive com a probabilidade de ajuizamento de ações agora, ainda em agosto, estamos terminando o processo de investigação prévia para ajuizar as ações correspondentes que no caso será uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral”¸afirmou

Quem quiser ajudar o Ministério Público nesta árdua tarefa de cassar abusadores pode colaborar. Na reunião, a promotora, entre outras coisas, deixou uma orientação aos participantes em relação a importância das provas na hora de pedir a atuação do órgão ministerial em questões de cunho eleitoral.

“Então a gente orienta que as pessoas que tenham conhecimento de alguma irregularidade, que ensejará a atuação do Ministério Público, que, ao menos, leve o mínimo de comprovação do alegado para que ela também não tenha problemas (…) é importante que as denúncias sejam feitas de forma responsáveis”, esclareceu

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

QUINCAS BORBA – VESTIBULARES

Medicina Integrada – Pedro Augusto

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

 

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias