Na Codó de mais de 20 mil motos escola incentiva o uso da bicicleta

A Escola Municipal Estêvão Ângelo realizou na manha de ontem (5) uma ‘bicicletada’ para, segundo a diretora Gessy Veras, chamar a atenção da sociedade para a necessidade de preservarmos a natureza em nome do futuro da humanidade.

 “Conscientizar toda a população que precisamos preservar a vida. Preservar a vida é preservar a natureza (…) temos que preservar para termos um futuro melhor, se quisermos um futuro teremos que preservar’, destacou

UM DIA PARA A BICICLETA

Mas a bicicletada teve outro propósito – o de incentivar os codoenses a trocarem, ao menos uma vez por semana,  a moto pela bicicleta.

O apelo faz muito sentido, hoje circulam pelas ruas da cidade mais de 20 mil motocicletas e isso tem consequências. Uma delas é o alto índice de acidentes que chega à 165 por mês (baseado em relatórios mensais do HGM), com algumas sequelas para o resto da vida ou  mortes violentas.

Sobre a ideia, Gessy explicou.

“Porque é a forma de trocar a moto pela bicicleta. Também é um chamamento pra isso, sabendo da grande quantidade de moto que tem na nossa cidade vamos incentivar a trocar pela bicicleta pelo menos um dia na semana”, argumentou

Um comentário sobre “Na Codó de mais de 20 mil motos escola incentiva o uso da bicicleta”

  1. sou a favor sim de uso de bicicletas… também sou a favor de mais rondas nas ruas…
    o que adianta o povo andar de bike se a molecada bandida rouba!!

Deixe uma resposta