“Não sairei do Ministério enquanto não retirar da escuridão todos os maranhenses”, afirma Lobão

O ministro de Minas e Energia, senador licenciado Edison Lobão, fez um dos mais eloqüentes discursos quando da inauguração da UPA na semana passada. Disse que é seu objetivo não sair do Ministério enquanto não retirar da escuridão (leia-se viver a luz de lamparina) todos os maranhenses.

“Eu tenho dito, frequentemente, que não sairei do Ministério (Minas e Energia) enquanto não retirar da escuridão todos os maranhenses”, afirmou

PARA CODÓ

Lobão citou exemplos de cidades maranhenses onde seu objetivo já foi alcançado. Entre estes estaria Lima Campos, na região central do Maranhão, e Timon, na região dos Cocais. O mesmo plano o ministro teria para Codó.

“Lá em Lima Campos, está aqui o prefeito, não tem mais nenhum maranhense sem energia elétrica na sua casa, assim é também Timon e estamos caminhando para que em Codó, fazer a mesma coisa”, disse

MAIS DE 2 MILHÕES

O ministro lembrou dos números. Segundo ele, mais de 2 milhões de maranhenses já foram beneficiados com o programa Luz para Todos, executado pelo Governo Federal.

“Nós já pusemos energia elétrica na casa de 2 milhões de maranhenses, dois milhões de maranhenses, nunca se fez um projeto tão amplo para o povo diretamente quanto este projeto que é o luz para todos”, afirmou

vídeo no www.youtube.com/blogdoacelio

Edison Lobão finalizou dizendo que o Brasil, em matéria de ajudar aos pobres, está dando aula ao mundo.

“Meus amigos, o Brasil é modelo nesta matéria. Eu, recentemente, fui nomeado como assessor do presidente da ONU – Organização das Nações Unidas – para efeito da universalização da energia elétrica. É que nosso país está dando aula em matéria de ajuda ao povo pobre e que mais necessita”, finalizou

Deixe uma resposta