NEGADA primeira candidatura na eleição de Codó

O pré-candidato ISRAEL FERREIRA DA SILVA , da Coligação O POVO QUER, O POVO PODE (de Chiquinho e Dr. Mendes) pode ter sido o primeiro caso de INDEFERIMENTO (candidatura negada) das eleições de 2016.

Sentença do Juiz Ailton Guntenberg Carvalho Lima, da 7º Zona, responsável pelos registros de candidatura, publicada ontem, 26 de agosto, por volta das 13h, mostra que o Israel, que concorreria com o número 23.000 foi intimado para suprir a falta de documentos básicos para que o registro fosse autorizado, mas, apesar disso, nada fez.

-Intimado o candidato deixou de apresentar os documentos exigidos pela legislação em vigor – diz a sentença

Como Israel Ferreira não se manifestou até o Ministério Público Eleitoral deu parecer contra o registro e o juiz sentenciou.

-O pedido não se encontra em conformidade com com o disposto no art. 27 da resolução do TSE Nº 23.455/2015 uma vez que mesmo após a intimação  do representante da coligação , conforme fls. 11, o candidato/coligação permaneceu inerte, sem que trouxesse aos autos a documentação faltante, qual seja, a CERTIDÃO CRIMINAL DA JUSTIÇA FEDERAL de 1º grau , bem como a declaração de bens assinada pelo candidato – descreve a sentença.

Sentença do caso
Sentença do caso

Um comentário sobre “NEGADA primeira candidatura na eleição de Codó”

  1. Chiquinho e Dr. Mendes têm pedido de candidatura a Prefeito e Vice deferida pela justiça eleitoral em Codó

    27 de agosto de 2016 Tomé Mota
    A justiça eleitoral em Codó/MA deferiu o pedido de registro de candidatura dos candidatos a Prefeito e Vice, respectivamente ‘CHIQUINHO’ e ‘DR. MENDES’.

    Diante de um cenário político de insegurança e muitas impugnações ajuizadas, CHIQUINHO sai na frente de seus concorrentes ao pleito majoritário na tão disputada Prefeitura de Codó.

Deixe um comentário