“Nem uma simples capina”, denuncia professora sobre falta de condições nas escolas de Codó para retorno das aulas

O Blogdoacelio entrevistou a presidente do SINTSERM, Socorro Carvalho, ontem na porta da prefeitura por ocasião da segunda manifestação realizada contra a administração do prefeito Zé Francisco.

Ela revelou que a Secretaria de Educação nunca deu qualquer sinal sobre o retorno das aulas referindo-se a uma programação.

“Não temos conhecimento desse calendário, não se sabe o início das aulas. Nós temos aí dois anos de pandemia sim, mas tem que ter uma organização do retorno desses alunos à escola”, disse a presidente

A presidente disse que não há reforma de escolas, nem capina do mato que chega a assustar em algumas unidades municipais de ensino.

“A gente faz visita de escola não tem reforma de escolas, não tem nem a simples capina”, garantiu

Ela também destacou que o SINTSERM continuará lutando para que o veto de Zé Francisco, que conseguiu acabar com a transparência no caso do abono e permitir uma abocanhada gigantesca no dinheiro dos educadores, seja derrubado na Câmara.

7 comentários sobre ““Nem uma simples capina”, denuncia professora sobre falta de condições nas escolas de Codó para retorno das aulas”

  1. Incompetência é o lema desse governo!
    Ficam se vangloriando de um abono de 5mil aos professores que foi dado. Dado não, pois é um direito dos profissionais da educação visto que um montante de mais de 130 milhões e não houve construção de escolas, reforma, menos de 10 escolas retornaram presencialmente e não houve gasto em quase nada. Já estamos na metade no mês de janeiro e nenhuma escola recebeu reforma!

    Tem uma escola em Codo que será de tempo integral, parceira com o estado mas precisa passar por reformas e várias adaptações, aí eu pergunto: porquê essa reforma ainda não começou? Esse escola localiza-se na rua Cesar Brandão, é a mesma que o vereador nunca apareceu para trabalhar mas recebeu muita grana.

    A educação de Codo é um vergonhoso reflexo da incompetência da SEMECTI: nepotismo, perseguição aos servidores, amigos em bons cargos sem nenhuma competência.

    1. Não vi você, Zé Roberto, cobrar do governo Nagib o direito dos professores à grana que lhes foi surrupiada. No entanto cobra de Zé Francisco, o único prefeito que fez valer o direito dos professores e pagou integralmente.
      Você, Zé Roberto, tem todo o direito de mentir para se opor ao governo.
      Os cães ladram, e a caravana, Zé Roberto, sempre passará.

      1. Ai que você se engana! Eu não dependo de governo para o meu sustento e da minha família. Consegui tudo que tenho através da educação!
        No governo do MALGIB eu critiquei até o ultimo dia, foi um fanfarrão do dinheiro público, eu pensei que não houvesse na história alguém pior que ele, mas me enganei, ta aí o Dr, para mostrar que onde tem um ruim há de ter um pior!

        rogo por um dia que haverá alguém com caráter para está a frente desse município, que não tenha como lema o nepotismo.

  2. Esse Sintserm é só engodo. A recuperação das escolas não pára. E as que Nagib fechou serão abertas.
    Ontem foi fraquinho, fraquinho, a tal manifestação, sem ninguém para ouvir tanta baboseira. Mas o Celso não tava nem aí se tinha gente para ouví-lo, parecia que estava apenas cumprindo contrato por número de manifestação.

  3. E a educação do campo, essa está um verdadeiro abandono! Nunca vimos isso na história de Codo, as escolas da zona rural nunca receberam uma mão de cal nas paredes! Estamos abandonados, digo isso pois sou gestora, é claro que jamais mostrarei meu nome, pois serei perseguida.

    Estamos abandonados!!!

Deixe um comentário