Nova diretoria da ACRIVI mostra trabalho e Walter Zaidan começa a ser recuperado

Muitas fotografias de arquivistas codoenses  mostram eventos realizados no fim da década de  1990  e início dos anos 2000 quando o Parque de Exposição Walter Zaidan, no Governo de Ricardo Archer, além de rodeios, chegou a fazer parte do  circuito nacional de leilões de bovinos.

Mas os anos seguintes foram completamente diferentes. Chegamos a mostrar o estado de abandono do local que já está há mais de 10 anos sem qualquer  exposição agropecuária. Toda a estrutura ficou entregue ao mato e ao abandono.

Iêdo Barros
Iêdo Barros

 Agora, no fim do ano, a nova direção da Associação de Criadores do Vale do Itapecuru, que administra tudo isso, mostra iniciativas que podem começar a mudar a realidade do parque de Exposição Walter Zaidan. Algo que de maneira alguma será fácil.

A primeira dificuldade é aumentar o número de sócios. Dos 1.101 criadores de gado do município, apenas 22 são associados .

Isso, traz dificuldades financeiras para qualquer projeto de revitalização do parque, destaca o novo presidente da Associação, empresário Iêdo Barros.

“Nós estamos com uma equipe na rua, nós estamos visitando aqueles criadores, o pequeno, o criador médio, o grande criador e o nosso objetivo é chegarmos à pelo menos 100 sócios, que representa 10% do que tem registrado hoje na Aged”, explicou

MUDANÇAS ACONTECENDO

Como os poucos que já se associaram e muito do empenho de cada um, pequenas mudanças já podem ser vistas na área.

O mato já não existe mais, o muro para proteger o parque está sendo recuperado e a pista de vaquejada também.

Entre os novos planos, já constam uma vaquejada para o início de janeiro e o retorno de pequenas exposição agropecuárias, também  a partir do ano que vem.

“Então nós vamos trazer aqui para o parque aquele criador de porco, criador de galinha, de bode de carneiro, o próprio criador de gado que Codó tem um potencial muito grande, então nós vamos fazer com que, na verdade, esse parque funcione diariamente”, concluiu Iêdo

Deixe um comentário