Para investir na educação prefeito de Timbiras precisa reajustar salário

Fabrízio do Foto
Fabrízio do Foto

Com dificuldades para investir na educação, devido ao grande número de funcionários inseridos pelas gestões passadas, o atual prefeito de Timbiras, Fabrizio Araújo, afirma que o recurso do Fundeb não está sendo suficiente para cobrir todas as despesas.

“Fizemos um estudo da folha da educação e descobrimos que quase 100% dos recursos do Fundeb estão sendo usados para o pagamento dos profissionais do magistério. E esse inchaço ocorreu nas administrações passadas, que acabou estourando em minhas mãos.  Chegamos ao limite! Se eu continuar como está, estarei sendo irresponsável e conivente com a situação. E os investimentos na área da educação no município ficarão comprometidos”, desabafou Fabrizio que precisa sensibilizar a Câmara de Vereadores do município de Timbiras para o problema.

O Fundeb é a principal fonte de financiamento da educação básica pública. Pelo menos 60% dos recursos do fundo devem ser usados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício — professores, diretores e orientadores educacionais. O percentual restante é destinado a despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino.

QUANTO ENTROU, QUANTO SAIU

No caso de Timbiras, o recurso está todo sendo aplicado na remuneração dos profissionais. Como mostra tabela abaixo (Confira), no mês de Janeiro de 2013 a arrecadação foi de R$ 681.982,11 e o total da folha do pagamento R$ 954.170,52. Os meses seguintes o valor arrecadado é bem próximo ao valor da folha, o que mostra que os 40% de investimentos para a área da educação é praticamente zero. O total anual arrecado no ano de 2013 foi R$ 14.361.558,59, deste valor foram pagos R$ 13.979.997,78 para a folha.

A solução do prefeito Fabrizio Araújo não seria demitir os funcionários, mas reajustar o salário para a Lei do Piso, que segundo informou o Ministério da Educação na última terça-feira, dia 29, o Piso Salarial do magistério aumentará em 2014 para 8,32%, chegando a R$ 1.697.

Conforme a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno, definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do ano passado, em relação a piso de 2012. O valor é a remuneração mínima do professor de nível médio com jornada de 40 horas semanais.

O piso salarial passou de R$ 950, em 2009, para R$ 1.024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme valores informados no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451 e, a partir de fevereiro de 2013, passou para R$ 1.567. O maior reajuste foi  o de 2012: 22,22%.

Além do valor do salário, a lei trata das condições de trabalho, estipulando, por exemplo, jornada de no máximo dois terços da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os alunos.

“Se ajustarmos ao piso nacional, vamos conseguir chegar a esse 60% de despesa com os profissionais. Ai não teríamos que demitir ninguém”, afirmou o prefeito de Timbiras, que precisa da aprovação da Câmara de Vereadores para aplicar o reajuste salarial da categoria.

ASSCOM Prefeitura de Timbiras

24 comentários sobre “Para investir na educação prefeito de Timbiras precisa reajustar salário”

  1. O dinheiro não ta sobrando para comprar os carros as manções as fazendas ele agora tão pagando o quê fizeram com o NONATO. quando a Dirce Maria. perdeu a eleição ela reuniu os vereadores votaram um projeto para encher a Prefeitura para Prejudicar o Nonato. agora o feitiço virou contrar o feitiçeiro.

  2. Já vimos muito isso no passado. Temos que lembrar que a primeira solução a ser tomada é cortar a própria carne como dizem os politiqueiros, ou seja, reduzir os contratos, comissionados, redirecionar profissionais para sua lotação de concurso, retirar da folha de pagamento da educação(Fundeb) os “gafanhotos, as lagartas” que só estão sugando os recursos do município sem prestas serviços. Podemos dizer que estamos lascados, estudamos, nos formamos, passamos em concurso como manda a lei, e agora voltamos ao marco zero, estamos na incerteza se a câmara irá ser povão ou elite. AGUARDAMOS.

  3. na educação de timbiras não tem ninguem contratados e os contratos nuca foram pagos…..os professores vão trabalhar sem auto estima…acabou com a educação….

  4. isso ñ é desculpa,pois todo dinheiro que caiu na conta da prefeitura de outubro a dezembro de 2012 a justiça bloqueiou para o próximo gestor para que ñ fosse desviado,ai entra o Fabricio com todo esse dinheiro,e ainda tem a cara de pau de dizer que ñ tem dinheiro!!!!!!
    ñ tem mesmo para fazer tudo que ele quer ñ dar mesmo!!!!!!!
    olha se o tal fabricio quisesse mesmo fazer alguma coisa para a população ele seria o mais sortudo pois as contas da prefeitura tava recheada
    se a população tiver memória será apenas 4 anos e nunca maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiissssssssss!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Bobagem! Não é acúmulos anteriores que prejudicam a administração atual, primeiro porque os funcionários são nomeados, então quando o gestor deixa o cargo obviamente – e é comum em qualquer prefeitura- a exoneração dos antigos é feita autenticamente. Isso é desculpa de quem não tem planejamento, além do mais cortes podem ser feitos em outros setores, e priorizar a educação e saúde. Agora querem aprender a administrar uma cidade sem experiência, além de terem um grande quantidade de incompetentes na gestão, acham que ia dá mesmo em que? Prefeito: Me compre um bode, aprenda a gerir sua cidade e dê dignidade que o timbirense merece.

  6. Concordo com o Cardoso. Mas, vai falar em mandar cada um pra seu local de lotação quando a aprovação do concurso de cada um. Tem muita mentira nessa matéria. Primeiro, o Fabrício não sabe nem o que é piso salarial, muito menos usar essa narrativa de quem é profundo conhecedor da situação financeira do município. Então, façamos o seguinte: Se já sabemos do inchaço da folha e, também dos cargos em comissão que se alastram em toda a cadeia administrativa, reduz o quadro de contratos como falado antes, e envia cada um pra seu local de concurso. Começa colocando na secretaria de Educação quem realmente conheça do assunto e possa resolver os entraves. Mas, como essa postagem pode ser inibida no texto, concordo com o Cardoso.

  7. É sinto muito prefeito mais,eu não gostaria de está na sua pele por que uma coisa é gastar de forma desnecessária o dinheiro publico e outra os professores não são culpados pela má administração de seus antepassados, Pois o que está acontecendo no momento é Vossa Excelência aplicou mal os recursos, ao invés de comprar carros e mações luxuosas teria economizado esse dinheiro, lembro-me das promessas de abonos salarias feitas por Vossa Excelência, como também de não deixar faltar a merenda escolar e agora está querendo ate descumprir o que manda a lei ATENÇÃO SINDICATO ABRA O OLHO!!!!!

  8. Corretíssima a medida tomada, só assim irá sobrar dinheiro para os investimentos necessários e urgentes que a Educação Timbirense precisa. Espero que os Vereadores tomem consciência do seu papel como defensores dos interesses do povo e não de uma só classe e aprovem este projeto de Lei do Executivo.

  9. eu acho que o que ele esta querendo dizer e que os ex prefeitos fizeram muitos concursos e em timbiras e de conhecimento de todos que no mês de sair do mandato esses prefeitos chamam todos para colocar o que vai entrar em dificuldades porque aqui em timbiras não se ve a prefeitura contratando ninguém vai a dica prefeito defenda o povo não os funcionários.

  10. O QUE ACONTECE EM TIMBIRAS É QUE ESTÁ HAVENDO UMAS INVERSÃO DE VALORES, CONCEPÇÕES E OBJETIVO, ONDE O CERTO É TIDO COMO ERRADO E O ERRADO COMO CERTO. FAZER O QUE É CERTO GERA INSATISFAÇÃO E REVOLTA, FAZER O QUE É ERRADO GERA MUITA SATISFAÇÃO, PORÉM MUITO PROBLEMA PARA GESTÃO MUNICIPAL. EXEMPLIFICANDO, QUE SE O PREFEITO FABRÍZIO SER RÍGIDO QUANTO A REGULAMENTAÇÃO DO TRÂNSITO EM TIMBIRAS, ESTE O CORRETO, NO ENTANTO HAVERIA MUITA INSATISFAÇÃO DA POPULAÇÃO, PORQUE NINGUEM QUER QUE TIREM SUAS MOTOS E QUE SEJAM MULTADOS, NO ENTANTO OS MESMO NÃO BUSCAM SE REGULARIZAR PERANTE O CÓDIGO DE TRÂNSITO.E ISTO DE CERTA FORMA ACONTECE DE FATO EM TIMBIRAS,E CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS, OS NÚMEROS MOSTRAM A REALIDADE, A MESMA ENCONTRA-SE COM O NUMERO MUITO ELEVADO DE FUNCIONÁRIOS, O QUE GERA UMA FOLHA DE PAGAMENTO COM GASTO ALÉM DOS 60% PERMITIDO, CHEGANDO A 90%, COMPROMETENDO ASSIM O INVESTIMENTO NO SETOR EDUCACIONAL E GERANDO UM DÉBITO PARA GESTOR AOS LONGOS DOS ANOS DE MANDATO, E CONSEQUENTEMENTE, REJEIÇÃO DAS CONTAS DA PREFEITURA PELO TRIBUNAL DE CONTAS, LOGO CASSAÇÃO DO PREFEITO.MAS PARA AGRADAR OS PROFISSIONAIS DO SETOR EDUCACIONAL ELE AUMENTA MAIS AINDA O GASTO COM A FOLHA E AGUENTA AS CONSEQUENCIAS DO FOI DITO ANTERIORMENTE, OU FAZ O QUE É CORRETO, AJUSTAR A FOLHA DE PAGAMENTO AO 60% PERMITIDO BUSCANDO EVITAR DEMISSÕES, O QUE SERIA MUITO RUIM PARA AQUELES QUE PERDERIAM SEU TRABALHO, E ASSIM SOBRARIA RECURSO PARA INVESTIR NO SETOR EDUCACIONAL.
    PARA MUITOS É FÁCIL CRITICAR E JOGAR PEDRA NO GESTOR, MAS TRAZER SOLUÇÕES E FAZER CRÍTICAS CONSTRUTIVAS DIFICILMENTE FAZEM, SÃO OBJETIVOS E CONCEPÇÕES PURAMENTE INDIVIDUALISTAS E POLÍTICAS. A GESTÃO PÚBLICA É ALGO SÉRIO, QUE REQUER MUITO TRABALHO E DEDICAÇÃO, MAS COM MUITOS JOGANDO PEDRA NO CAMINHO FICA AINDA MAIS DÍFICIL. PREFEITO FABRÍZIO NÃO ESTÁ TRABALHANDO EM PRÓ DE UMA SÓ CATEGORIA, MAS EM PRÓ DE TODOS OS PROFISSIONAIS E TODA POPULALÃO TIMBIRENSE, ESSA FOI SUA PROMESSA DE CAMPANHA!

  11. Esse Carlos é brincadeira. dizer quê o fabrizio ta trabalhando. em favor do povo. e dizer quê reajusta o salario dos funcionario ta certo. ele tem quê demitir esses monte de parasitas de fora quê esta comendo o dinheiro de timbiras inclusive o ….. de maçeió

  12. ENTRA DA PREFEITURA PELOS QUE VI NA INTERNET, 2.200.000,00 DE FPM, ICMS, FUNDEB E OUTRAS. GASTA COM FOLHA DE EFETIVO 1.800.000,00 HUM MILHAO E OITOCENTOS MIIL REAIS. PISO NACIONAL PARA UM PROFESSOR DE 40horas É DE 1700,00 EM TIMBIRAS UM PROFESSOR DE 20 HORAS QUE FEZ CONCURSO RECEBE ENTRE 1.900,00 E 2.000,00. COMO É QUE UMA PREFEITURA AGUENTA ISSO? SERÁ QUE ESSE PESSOAL TA TRABALHANDO COM DEDICACAO AO POVO OU TA SO CULPANDO O PREFEITO? VEJAM NO MARANHAO SE TEM ALGUMA CIDADE QUE O PROFESSOR DE 20horas RECECEBE O QUE GANHA EM TIMBIRAS????? SERÁ QUE A RAIVA QUE ESSE POVO TA DO PREFEITO NAO É PORQUE ELE TA MOSTRANDO A CAIXA PRETA DA PREFEITURA PARA A JUSTICA??? BOMBA MESMO VAI SER QUANDO MOSTRAR OS QUE ENTRARAM COMO CONCURSADO SEM FAZER CONCURSO!!!!

  13. Rapaz vocês são muito burros se entra 2200,000,00 em média e se paga 1800,000,00 em folha de efetivo acho que esta claro para onde esta indo o dinheiro

  14. para quem menos entende da lei da educação sabe que basta o governo municipal provar que o recurso não está suficiente e o governo federal manda mais. mas como como provar? não há prestações de contas e o presidente do condelho do FUNDEB aprova toda …… do prefeito aí fica dificio.!

  15. REDUZIR SALÁRIOS DE QUEM REALMENTE TRABALHA E PROCURA TRAZER DIAS MELHORES PRA OS NOSSOS FILHOS,,,NÃO VAI RESOLVER O PROBLEMA,,POIS NESTE GOVERNO,,COMO OS DEMAIS NÃO SE VÊ TRANSPAR~ENCIA ALGUMA…..É CORRETO SIM,,DIMINUIR SECRETARIAS DESNECESSÁRIAS….OU CRIADAS PRA AGRADAR UM PEQUENO GRUPO DE ALIADOS,,,SALÁRIOS EXTRAS PRA OS VEREADORES,,,GASTOS ÁS VEZES DESNECESSÁRIOS, E SIM UMA POLÍTICA DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO,,,OU SEJA,,DÁ A CARA Á TAPA..REDUZIR SALÁRIOS DE SECRETÁRIOS ,DO PREFEITO, VICE PREFEITO E PARENTES,,E NESTE CASO,,,DEMITÍ-LOS E DEIXAR DE LUXAR COM DINHEIRO PÚBLICO,,,POIS O QUE V~EMOS EM TIMBIRAS,,,É UM SHOW DE CARROS NOVOS….. BENS E OUTROS TANTOS QUE O DINHEIRO COMPRA….FAZER ARBITRARIEDADE COM OS SERVIDORES PÚBLICOS,,, COMO NEGAR DIREITOS ADQUIRIDOS: FÉRIAS,,LICENÇA-PR~EMIO, E OUTROS DIREITOS É QUE MERECE SER REVISTO E CONCEDER Á QUEM TEM DIREITO…..

    QUER REDUZIR CUSTOS ,,,CONTRATA UMA CONSULTORIA ESPECIALIZADA,,,E CUMPRE O QUE DIZ A CONSTITUIÇÃO FEDERAL…….

Deixe um comentário