Pastor Max diz que não existe mais pau de arara na educação de Codó, mas Gracinaldo mantém a pressão

Depois que o vereador pastor Max saiu anunciando que o problema do pau de arara na região de Cajazeiras, mostrado para todo o país pelo programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, já foi resolvido, sem dar muitos detalhes do que, realmente, fora feito pela Secretaria de Educação, seu colega de parlamento, Gracinaldo Ferreira, desembainhou a espada e manteve a guarda.

Deixou claro que o que quer que tenha substituído o pau de arara que transportava alunos de Vertente à Cajazeiras, há 5 anos, precisa continuar sendo fiscalizado, seja uma van, seja um ônibus. Na opinião do parlamentar do PSL, se os vereadores se omitirem desta obrigação as crianças continuarão correndo risco de morte.

“O problema do pau de arara foi resolvido. Se não for  mais o pau de arara foi colocado uma van, se não foi colocada a van foi colocada um ônibus, mas nós também precisamos ver em que situação está este ônibus, em que situação está esta van porque senão vão correr o mesmo perigo”, disse

SAIR DOS DISCURSOS

Alfinetando a eloquência apaixonada de Max Tony por uma educação que só ele ver tão boa assim, Gracinaldo disse que os vereadores precisam ‘sair de seus discursos belíssimos’ para ir à campo ver os problemas de perto, fiscalizar.

“Nós precisamos sair de nossos discursos belíssimos que fazemos aqui nesta Casa e irmos para o campo. Nós precisamos ir aonde o povo está, nós precisamos fazer aquilo que nós fomos eleitos pra fazer – fiscalizar, ver mais de perto”, afirmou

CONHECER AS ESCOLAS

O vereador conclamou seus pares para passarem um dia inteiro na região de Cajazeiras fazendo um ‘apanhado’ da situação, sobretudo, das escolas.

(…) parabéns, parabéns, foi resolvido, mas ia aí, nós vamos ficar aqui? Quantos de nós conhecemos aqui de fato a situação das escolas de Cajazeiras, será que nós os 11 vereadores desta casa conhecemos a real situação das escolas lá do Distrito de Cajazeiras? E eu como presidente da Comissão de Educação quero convidar os meus pares, que fazem parte da comissão de Educação, para nós irmos à região de Cajazeiras, passarmos lá um ida, se necessário for para fazer um apanhado da região de Cajazeiras”, disse

Ninguém se manifestou contra ou a favor da proposta de Gracinaldo. Como exige esforço passar o dia longe do ar-condicionado dos gabinetes, a moçada deve ter pensado duas vezes antes de abrir a boca nessa parada.

Deixe um comentário