PERITORÓ: Se Agamenon não se mover professores podem entrar em greve na próxima segunda-feira

Categoria, revoltada, enviou cópia da Ata da Assembleia ao blogdoacelio. Leia e entenda os motivos da possível greve:

Assembleia em Peritoró

Aos sete dias do mês de maio de dois mil e doze, em segunda convocação às dezesseis horas e trinta minutos, na Sede Administrativa do sindicato em Peritoró – MA, reuniram-se em Assembleia Geral Extraordinária os Trabalhadores em Educação Básicadas Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão Núcleo Peritoró, para discutir e deliberar sobre a pauta do edital de convocação na data supracitada.

O Coordenador do SINPROESEMMA, Daniel Deivys Prudêncio do Nascimento, leu o edital de convocação e depois iniciou os trabalhos de discussão da pauta. O professor Daniel Deivys propôs um ultimato ao governo municipal para que até sexta-feira, dia onze do corrente, o mesmo efetue o pagamento dos valores referentes ao reajuste salarial de 2012 como também os meses retroativos com base no artigo 5º da Lei Nº 11.738, DE 16 DE JULHO DE 2008 onde cita que “O piso salarial profissional nacional do magistério público da educação básica será atualizado, anualmente, no mês de janeiro, a partir do ano de 2009.

Caso contrário, o corpo docente da rede municipal entrará em GREVE POR TEMPO INDETERMINADO a partir da próxima segunda-feira, dia catorze do corrente até que o governo cumpra a lei referente ao pagamento do reajuste com os retroativos. Em seguida o Coordenador abriu as inscrições para as manifestações da assembleia. O professor Damaceno, em sua fala reforçou a proposição enfatizando ainda os valores apresentados pela direção nas tabelas geral do piso e dos retroativos conclamando a todos para que lutemos em não abrirmos mão desse direito já constituído em lei federal.

Sem nenhuma outra proposição, a Assembleia votou e aprovou por unanimidade pela proposição única ao tempo que a diretoria buscará o diálogo com o governo para solucionar o impasse do movimento paredista Nada mais havendo a tratar, eu, João Ronaldo Carvalho Cunha, Secretário Geral do SINPROESEMMA, lavrei a presente Ata que, extraída do livro de Atas do SINPROESEMMA, segue assinada por mim e por quem de direito.

Deixe uma resposta