Pesquisa Data Folha: Você aceitaria um filho gay dentro de casa?

Bandeira Gay
Bandeira Gay

37% dos brasileiros não aceitariam ter um filho ou filha homossexual, revela uma pesquisa do Instituto Data Popular divulgada nesta sexta-feira, 31. O índice de rejeição é dez pontos porcentuais menor do que o daquelas que aceitariam se o seu filho ou filha se declarasse gay (47%).

A taxa de rejeição, no entanto, ainda é considerada alta pelo Instituto. Ela é superior entre os homens – 45% disseram que não aceitariam um(a) filho(a) homossexual – e entre as pessoas com mais de 50 anos – 46% rejeitariam seus filhos.

A pergunta “Você aceitaria numa boa ter um(a) filho(a) homossexual?” foi feita a 1.264 brasileiros de cem cidades em todas as regiões do país nos três primeiro meses deste ano. Apenas entre os mais jovens, com idades entre 16 e 34, a resposta positiva foi dada por mais de 50% dos entrevistados.

Direitos

O estudo aponta ainda uma divisão em relação à opinião sobre os direitos dos casais de pessoas do mesmo sexo. 42% concordam e 38% discordam que casais homossexuais tenham acesso aos mesmo direitos que aqueles considerados “casais tradicionais”.

Segundo dados preliminares do Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem mais de 60 mil casais homossexuais. A pesquisa é anterior à regulamentação do casamento gay no País, aprovada em uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no último dia 14 de maio.

FONTE: www,redetv.com.br

12 comentários sobre “Pesquisa Data Folha: Você aceitaria um filho gay dentro de casa?”

  1. A opção sexual é escolha de cada um. Se você é feliz e estar feliz é o que importa. De que adianta viver infeliz só pra satisfazer a felicidade de alguns? Lésbica, Gay ou não, não deixará de ser um irmão, um sobrinho, um filho, um primo, ou seja lá o que for. Quantos vivem por baixo dos panos, às vezes até casado, só pra dar satisfação para sociedade. Mais ai eu pergunto, que sociedade mesmo temos que dar satisfação?. Essa que vivemos, cheia de corruptos, de gente falsa, que pisa, humilha, de ladrões vestidos de paletós, que fingem ser gente boa? Respeitar as diferenças, seja de raça, social, de gênero,etc, isso é que importa.

  2. O Desejo da minoria não pode sobrepor ao da maioria. Esse é o Principio Básico de uma Democracia. Fico observando o grupo GLTB, que é minoria, que querem a todo custo impor a sociedade seu ponto de vista, modo de viver e o mais perigoso, impor às Famílias uma aceitação, do que a meu ver está totalmente equivocada em relação à constituição. Veja: “Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado. [….]
    § 3º Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre homem e mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.”
    Dizem que todos merecemos tratamento igual, concordo com eles, todos somos Brasileiros, e, portanto já estamos protegidos pelas leis que regem este País, então não há necessidade de uma Lei especifica para proteger uma minoria. A PL 122 é um atentado à Sociedade devido à imposição do desejo de uma minoria.
    A relação heterossexual é a base de tudo que conhecemos até hoje, graças à ela, é que eu escrevi este texto e você ta lendo. Quanto tempo os senhores(as) acham que dura uma civilização homossexual? Creio que com pouco mais 50 anos e tudo que conhecemos estaria em ruínas, pois um casal homossexual não gera descendentes.
    Se você ama seus filhos, seu pai e mãe, diga NÃO A ESSA DITADURA GAY QUE ESTÁ PRESTES A SER IMPOSTA NO BRASIL.

    1. Sim, aceitaria. Ia fazer o quê, matar meu próprio filho porque ele é gay, deixá-lo se arrembentar na vida longe de mim porque tem uma opção sexual que a maioria, hipócrita, repudia? Sim, aceitaria.

  3. Parabéns à postagem de Cristina Araújo. Muito sensata!

    Reynaldo Cavalcante, algo me diz que vc tem algo enrustido, no armário ou seja lá onde for. Você estudou/leu a temática gay na PLC 122 e seus embasamentos constitucionais para dizer que nós, gays, não temos direitos a nada.
    Amigo, o ser humano não éh um touro de raça que vive única e exclusivamente para procriar! Somos seres humanos, dotados de sentimentos, sonhos, desejos, e na busca constante da felicidade.

    Quanto ao argumento em dizer que a raça humana desaparecerá em 50 anos… vc é um sem noção! Nem todos habitantes deste mundo são homossexuais, mas apenas um pequena parte, o que garantirá a continuidade da vida humana na terra.

    Reynaldo, no ordenamento jurídico há uma máxima que diz ” O estado deve tratar os iguais como iguais e os desiguais como desiguais, na proporção da sua desigualdade”. Portanto,temos que tirar o atraso de centenas de anos de exclusão social, onde os governantes fingiam não existir gays no Brasil.

    Por que a união estável entre pessoas do mesmo sexo tanto te constrange?
    Você tem o direito de ter sua esposa, vc tem o direito de ter filhos e educá-los, mas se eu quiser me relacionar com outro homem, EU TAMBÉM TENHO ESSE DIREITO. A sua interpretação da CF/88 está distorcida.

    Graças a Deus esse entendimento já existe na maior corte jurídica do nosso Brasil.
    Ainda temos muito a conquistar e, incansavelmente, continuaremos a lutar pela igualdade de direitos, a fim de que no futuro,talvez, um filho ou sobrinho seu, ao sofrer perseguições de pessoas de escrúpulos duvidosos ou alienados religiosos, sejam protegidas pelo Estado.

    Seu direito termina, onde o meu começa.

  4. NENHUM PAI, DE LIVRE ESPONTANEIDADE, ACEITA EM SEU INTERIOR, TER UM FILHO DESTA NATUREZA, ATÉ PQ QUANDO NASCE MASCULINO É UM ORGULHO NA FAMILIA OU SE NASCE FEMININO TAMBÉM. AÍ OS PAIS PENSAM ALÉM DO TEMPO: QUANDO CRESCER, VOU TER MUITOS NETOS E NETAS, MINHA FAMILIA VAI CRESCER,PENSAM ORGULHOSAMENTE! MAS SE OS GAMETAS MASCULINOS E FEMININOS DESVIAM ESTA REALIDADE, A COISA MEXE E REMEXE POR DENTRO. VEM A TOLERANCIA SEGUIDA DA INTOLERANCIA,A SATISFAÇÃO SEGUIDA DA INSATISFAÇÃO.É DIFÍCIL,MAS A REALIDADE ESTÁ PRESENTE.

  5. acredito com toda força que vc não aceitaria, hipócrita é isso que vc ta fazendo, sabe que no seu intímo tem preconceito sim, e nem vem com essa bla bla bla, de eles quem que lutar pelos direitos disso, dereito daquilo, que direito é esse que eu não posso falar só eles podem?

  6. Silva

    faria o mesmo que vc, puxa pra fora de casa, ran. to dizendo mermu, ou vc vai dizer assim: UAUUUUUUUU QUE LEGAL VC É GAY, me polpe moça

Deixe um comentário