Prefeitura de Timbiras garante apoio e resgata a tradição das Escolas de Samba

Bateria ensaiando

Texto enviado ao blog por Romenigue Couto – assessor de Comunicação/Timbiras

Na década de 80 o carnaval de Timbiras se tornou conhecido em toda a região dos cocais pela alegria, beleza e organização das duas escolas de samba da cidade, mips e alcatéia. Por mais de dez anos fizeram do carnaval de timbiras uma referencia em toda a região dos cocais, atraindo pessoas de outros municípios para participar dos desfiles ou apenas torcer pela sua escola preferida.

Com o sucesso logo veio o convite para participar do carnaval de Codó, a partir daí o titulo de campeão disputado naquela cidade, quase sempre era conquistado pelas representantes de Timbiras. Mesmo com todo o sucesso e representando tão bem o município, não tinha apoio do poder público, seja na compra de instrumentos, fantasias, carros alegóricos ou na preparação do local para o desfile, como calçamento das ruas, iluminação ou sistema de som, tudo era feito através dos seus representantes.

A HISTÓRIA

A alcatéia tinha como líder o ainda estudante de medicina, Robson Alvim, apaixonado por carnaval, era ele o responsável de conseguir os recursos e a participação de dezenas de foliões na avenida. A mips era considerada povão, a sua frente bravos lutadores, Ivanilton Frazão, Sidney Machado e outros.

A estratégia para conseguir recursos era a realização de eventos, o que fazia a escola forte e competitiva na avenida. Mais com o passar dos anos e a situação financeira do país se agravando, era chegada à hora de parar. E foi no ano de 1991 que Mips e Alcatéia fizeram a sua despedida do carnaval de Timbiras, por falta de recursos.

RESGATE

Agora vinte anos depois Ivanilton frazão e Sidney machada tiveram a idéia de resgatar a tradição do carnaval de Timbiras, fazendo a fusão de Mips e Alcatéia, e criar a unidos do Santarém, com o projeto em mãos procuraram o prefeito Nonato Pessoa, que gostou da idéia e garantiu o apoio da prefeitura.

A nova escola de samba da cidade já está ensaiando a bateria com a participação de 97 componentes. A realização dos ensaios despertou nos jovens um amor a primeira vista e tem sido grande a procura por vagas na bateria ou nas outras alas da escola, quem já conseguiu, está maravilhado com a possibilidade de participar pela primeira vez da apresentação de uma escola de samba e fazer bonito na avenida.

Deixe um comentário