Professor Celso na fumaça do Codó Novo

Professor Antonio Celso Moreira esteve com os  moradores que estão sofrendo com a fumaça tóxica do lixão do Codó Novo. Mostrando uma papelada na mão, exortou os cidadãos a procurarem o Ministério Público Estadual e disse que o MPE tem que penalizar o prefeito Zito Rolim.

O professor, sem citar o nomes,  também pediu que a população denunciasse duas empresas que soltam fumaça durante o dia em Codó. Na opinião dele, a mesma fumaça desce à noite prejudicando a todos.

-E aí a gente fica imaginando que é só a fumaça do lixão, mas quando nós formos denunciar, vamos denunciar essas duas empresas que jogam constantemente, diariamente despejam fumaça a céu aberto e quando chega esse horário a fumaça desse e aí nós, os idosos, as crianças que vão pagar o pato – disse

3 comentários sobre “Professor Celso na fumaça do Codó Novo”

  1. Engraçado né faz anos que acontece esse problema e esse professor e sabedor disso mais nunca tinha ido la tentar ajudar a população aí agora ano eleitoral ele aparece

    1. Senhora Maria José, você está desinformada. Há anos o professor Celso tenta mobilizar os moradores do Codó Novo pra resolverem esse problema. Inclusive desde o ano passado existe uma representação no MP, com assinatura de mais de 400 moradores, realizado pelo professor Celso e seu grupo, exigindo a solução do problema. A questão é que no inverno a fumaça desaparece e nós prejudicados acomodamos. Tem que pressionar o MP e a prefeitura mesmo. Tá certo, professor Celso.

  2. Lixão pelo que vejo não é nada fácil para se dar um jeito. Somente à capital São Luís têm o seu aterro que fica na cidade de Rosário-MA. Porque se fosse tão fácil resolver, os 216 municípios já estariam com seus lixões no local apropriado.

Deixe uma resposta