Professores encerram greve após acordo com o governo Cuidando de Nossa Gente

Arquivo da luta

Terminou ontem, às 20h, a greve dos profissionais do magistério da rede municipal de ensino de Codó. A greve, que durou 13 dias letivos, foi encerrada após uma longa audiência mediada pelo Ministério Público, com a participação de membros do poder público (prefeito, secretário de educação e procurador do município) e do SINDSSERM.

A audiência foi finalizada com o compromisso da Prefeitura em implementar a nova jornada de trabalho fixada na Lei do Piso (1/3 extraclasse) no início do segundo semestre letivo. A outra reivindicação da categoria, que era o pagamento do piso salarial nacional, já havia sido conquistada no primeiro dia de greve em uma audiência mediada pelo poder legislativo.

O município fará um reajuste salarial de 10%, com o retroativo de janeiro e fevereiro, a partir de março. A greve dos professores de Codó foi, portanto, 100% vitoriosa. Durante os dias de greve, os professores realizaram atos públicos diariamente para denunciar o descumprimento da lei. Foi uma greve muito forte, com uma adesão inicial de 80% e final de 60%, o que fez o poder público recuar em seus posicionamentos. A Direção do SINDSSERM parabeniza todos os educadores que acreditaram nessa luta e a fizeram. A luta continua!

por Rafael Araújo da Silva/pres. Sindsserm/blog lutasocialista

Deixe uma resposta