QUARESMA: Consumidor codoense já teme aumento no preço do peixe

Tem peixe que ficou mais caro a cerca de um mês, é o caso da pescada amarela que passou de R$ 18,00 para R$ 20,00 o quilo. Mas esta alta não atingiu os mais consumidos, no mesmo espaço de tempo.

Os peixes mais vendidos do mercado de Codó são Tambaqui e Tilápia. Os feirantes afirmam que, exatamente, há dois anos o preço do quilo destes não sofre qualquer alteração. Parou em R$ 9,00.

Mesmo assim, há reclamação. “Tá cara mesmo, R$ 8,00 o quilo de peixe, R$ 9,00, tá caro, uma ‘caristia’ montra porque dinheiro não é fácil né não”, reclamou a lavradora Maria Raimunda de Sousa

PREÇO MENOR

Os vendedores dizem que não podem fazer mais nada para diminuir o preço e justificam e dona Raimunda Nonata Alves Oliveira justificou ao blogdoacelio tem que aumentar porque nós compramos a R$ 6,20 pra vender de R$ 7,00, aí o que é que nós vamos ganhar”, disse

NA QUARESMA

A chegada da Quaresma traz a expectativa de aumento das vendas, mas eles também estão preocupados com novos reajustes por parte dos fornecedores. Para seu Raimundo Nonato da Silva, feirante , isso significaria prejuízo certo.

“é prejuízo, o cabra que ia comprar dois quilos já compra só um, quem compra um quilo compra meio, sobra peixe na feira…ENTÃO O SENHOR TÁ TORCENDO? Pra não subir, ficar como está”, respondeu

O consumidor também está preocupado e tem, praticamente, certeza de que os valores serão outros nos próximos dias. Enquanto isso, quem chega, olha, pergunta, já pratica uma solução que pode ser viável a qualquer tempo. O blog perguntou ao pedreiro Nicodemos da Conceição, qual seria esta solução e ele respondeu “Encontrar um mais barato”.

Deixe uma resposta