Quebra-quebra verbal entre os ‘Araújo’ traz revelações de arrepiar qualquer codoense

Leonel Filho

A briga entre os primos Leonel Filho (vereador) e Araújo Neto (diretor da Palmeira do Norte) tem alcançado níveis elevados de exposição. Na última sexta-feira, 23, o vereador foi ao programa Jornal dos Cocais, numa espécie de defesa vingativa para mostrar dados da época em que Araújo foi presidente da Câmara de Vereadores de Codó.

Como na TV do primo Leonel é sempre lembrado por causa das famosas diárias do Carimbó, ele também levou para Alberto Barros seu levantamento que nada tem de agradável para seu opositor. Segundo mostrou o parlamentar, sozinho o ex-presidente da Câmara teria usufruído de mais de 15 mil reais só em diárias.

“O ex-vereador, ex-presidente da Câmara Araújo Neto tirou mais de 15.246,00 de diárias. Isso aqui tudo é diária (mostrando a papelada). Isso há 10 anos atrás meu amigo. Há dez anos atrás o salário era R$ 180,00, era R$ 200,00, o salário era esse aí. Se for trazer para os dias de hoje, calculado em cima do salário mínimo da mais de R$ 46.000,00 só de diária, quarenta e seis mil é uma riqueza pra tirar de diária”, disse

VIAGEM PARA TERESINA

Ele também mostrou que existiram viagens pagas com dinheiro da Câmara para a capital do Piauí, frisando que os codoenses não conseguem imaginar que relação tem a ver Teresina com um legislativo do interior do Maranhão.

“Teresina rapaz, tirar uma diária para ir para Teresina rapaz, R$ 453,00 para ir em Teresina. Naquele tempo R$ 453,00 é uns R$ 1.200,00 hoje em dia. Olha aqui R$ 900,00 pra ir em Teresina (…) a pessoa tem moral, ô rapaz me ouça bem, você tem moral pra falar de mim, aí fica a criticar a gente 24h no mês, num digo nem no dia?”, questionou

COMBUSTÍVEL SEM CARRO

Araújo Neto

Outra revelação do vereador que complica moralmente a situação do primo diz respeito à gastos com combustível numa Câmara que não tem veículo oficial. Pelas notas apresentadas, Araújo Neto teria gasto R$ 50 mil na época com combustível.

“Combustível. A Câmara não tinha um carro, gastou R$ 50.000,00. Então eu sou to trazendo para informar quem é quem.”, disse

BAIXARIA ANTECIPADA

Como esta briga não vai parar agora, mais descobertas virão por aí. É só aguardar. Os codoenses, neste caso, estão vivendo um período de propaganda eleitoral de baixo nível antecipado.

As vezes é muito bom pra gente saber de umas coisinhas que, se não são essas brigas, ficam debaixo do pano sem ninguém saber.