Realizada entrega de certificados do curso de formação dos agentes de trânsito

Mesa das autoridades
Mesa das autoridades

Foi realizada ontem,  sexta-feira (18) a formatura dos 60 agentes de trânsito da cidade de Codó e de sua regional. O evento aconteceu no auditório da Escola Modelo Remy Archer e contou com a presença do Secretário de Governo Ricardo Torres, o Diretor da 3ª Ciretran de Codó, Cesar Roberto, o palestrante da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Capitão Cardoso, além de representantes da PM de Codó, Guarda Municipal e dos Departamentos de Transito das cidades que compõe a regional.

Dr. Ricardo faz entrega
Dr. Ricardo faz entrega

O curso foi uma parceria entre o Instituto Gonçalves Dias, DETRAN – MA e Prefeitura Municipal de Codó e está sendo realizado em todo o Estado do Maranhão. O treinamento capacitou cerca de 60 agentes de trânsito das cidades Codó, Coroatá, Timbiras, Peritoró, além de pedreiras, com uma carga horária de 40 horas de aulas.

Diretor de Coroatá entrega à agente codoense
Diretor de Coroatá entrega à agente codoense

Além do estudo, outro objetivo do curso foi a integração entre os profissionais da regional. “Esse intercâmbio e essa semana de trabalho e estudo fizeram com quer o trânsito fosse tratado de forma regional. Os problemas abordados e as soluções encontradas são do interesse comum entre os agentes desses municípios. Portanto queremos parabenizar os nossos agentes, que terão mais uma oportunidade de colocar seus conhecimentos em prática, e agradecer o trabalho do DETRAN Maranhão e órgãos envolvidos no trabalho”.

De acordo com o Diretor da 3ª Ciretran, Cesar Roberto, os investimentos do governo municipal no DMTRANs e os esforços na capacitação de seus profissionais estão ajudando na redução do numero de ocorrências. “Tivemos a redução dos acidentes com gravidade, em razão do aumento do uso de capacete. As campanhas e blitzs educativas e a presença e fiscalização dos agentes de transito vem contribuindo para a redução de acidentes graves”.

Para o Capitão Cardoso, que ministrou o curso em Codó, a semana foi de extrema produtividade e valia. “O que tenho a dizer é que aprendi muito aqui. aprendi mais do que passei de conhecimento. Encontrei jovens agentes preparados e interessados no treinamento e com um grau de conhecimento bem expressivo. O trabalho aqui superou minhas expectativas e não tenho dúvidas que esses profissionais farão um excelente trabalho, fiscalizando e educando o cidadão para um transito mais equilibrado”.

Raphael Fernandes – Ascom/Prefeitura Municipal     

4 comentários sobre “Realizada entrega de certificados do curso de formação dos agentes de trânsito”

  1. ACÉLIO,
    PRECISAMOS EM CODÓ AGENTES HABILITADOS E QUE EXERÇAM SUAS FUNÇÕES NA PRÁTICA QUE FAÇAM O SEU
    TRABALHO DIÁRIO NA RUA. ORIENTANDO O TRÂNSITO
    E COIBINDO OS INFRATORES.

  2. Não adianta ter capacitação, pois o mesmos só trabalham
    No dia que querem. As mortes no trânsito continuam
    Alarmantes.
    Em tempo: A construção no terreno público em cima da calçada
    Próximo a casa do Z Lope está de vento em popa. Cadê
    O representante do Ministério Público? Faz uma matéria sobre
    ESSA IRREGULARIDA ACÉLIO.

  3. ESSE JOSÉ CLAUDIO SANTANA VC ESTAR DISINFORMADO.FALA O NOME DE QUAL AGENTE NÃO TEM CNH.ATÉ AONDE EU SEI TODOS SÃO HABILITADOS.OS AGENTES O QUE MAIS FAZ E ORIENTAR.SE ELES FOSSEM FAZER O QUE O CTB MANDA QUE FAÇA MUITOS CODOENSE NÃO CIRCULAVA EM VIA.
    O QUE PRECISA MUDAR E A CONDUTA DOS NOSSOS CONDUTORES.
    ESSE CARLOS ALBERTO COSTA ESTAR ENGANADO.TODOS TEM UMA ESCALA DE SERVIÇO.OS AGENTES NÃO PODEM FAZER MILAGRE,SERÁ QUE ESSAS MORTES NÃO PODERIA SER EVITADA.A MAIORIA DAS MORTE NO TRANSITO DE CODO ENVOLVE MOTOCICLETA E A MAIORIA DOS CONDUTORES NÃO US A CAPACETE

    1. Habilitado no sentido de compromisso e determinação de fazer as coisas acontecerem.
      Não estou “desinformado”, toda a população
      sabe e ver que a atuação dos agentes é pífia.
      Não é preciso fazer milagres. Basta obrigar a todos o cumprimento da Lei. O uso do capacete
      e outros descumprimentos não é desculpa para
      negligência dos agentes de trânsito.

Deixe uma resposta