Roseana recebe prefeitos no Palácio dos Leões

Roseana Recebe prefeitos
Roseana Recebe prefeitos

SÃO LUÍS – A governadora Roseana Sarney, acompanhada do vice-governador Washington Luiz, recebeu prefeitos de municípios maranhenses afiliados ao Partido dos Trabalhadores (PT), na tarde desta quarta-feira (13), no Palácio dos Leões. O encontrou foi de cortesia e serviu para que os gestores pudessem conhecer ações e projetos do Governo do Estado.

“Neste encontro com os prefeitos nós tratamos tanto de problemas municipais como os do governo, além das parcerias que podem ser desenvolvidas entre as esferas estadual, municipal e federal. A reunião também nos mostrou a unidade entre os gestores, fundamental para a governabilidade do Brasil e do Maranhão”, afirmou a governadora Roseana Sarney.

O vice-governador Washington Luiz ressaltou que a visita foi de cortesia e de aproximação entre Estado e Municípios. “Essa visita serviu para os prefeitos discutirem os problemas dos municípios com a governadora Roseana. E, também, para firmar parceria entre o Governo do Maranhão e as prefeituras”, salientou.

O prefeito de Grajaú, Junior Otsuka, foi um dos integrantes da comitiva ao Palácio dos Leões e ressaltou a importância do encontro, em especial, para os gestores que estão em primeiro mandato. “A reunião foi muito proveitosa, pois pudemos apresentar demandas dos nossos municípios. Além disso, foi importante para termos uma ligação com o Governo do Estado e com isso, melhorar a vida da população”, ressaltou.

Participaram da reunião o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha; os prefeitos de Alcântara, Domingos Santana da Cunha Júnior; de Belágua, Adalberto Rodrigues; de Campestre do Maranhão, Valmir Morais Lima; de Fortuna do Maranhão, Arlindo Barbosa; de Grajaú, Junior Otsuka; de Lago do Junco, Osmar Fonseca; e de Urbano Santos, Iracema Vale; além do presidente do PT no Maranhão, Raimundo Monteiro.

As informações são da Secom do governo do Estado

Um comentário sobre “Roseana recebe prefeitos no Palácio dos Leões”

  1. Roseana Sarney é acusada de fraudar eleição para o governo do Maranhão

    15 de março de 2013 às 09:19
    Índice Texto Anterior | Próximo Texto
    Polícia Federal vai investigar supostos vícios no processo eleitoral de 2010; suspeita é de que pelo menos 40 mil votos foram computados após término das eleições

    POR WILSON LIMA – IG BRASÍLIA

    O Tribunal Regional do Maranhão (TRE-MA) pediu abertura de inquérito à Polícia Federal (PF) para que apure indícios de fraudes nas eleições de 2010, vencidas em primeiro turno por Roseana Sarney (PMDB-MA), filha do ex-presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP). A suspeita é de que pelo menos 40 mil votos foram contabilizados após o término do horário das eleições. A investigação ocorre dois anos e meio após a declaração do resultado oficial das urnas.

    Segundo laudos elaborados a pedido do PCdoB, partido do candidato derrotado e presidente da Embratur, Flávio Dino, foram contabilizados votos após às 17h20 em aproximadamente 70% dos 217 municípios do estado. Os laudos afirmam que a contabilização de votos fora do horário da votação é normal quando existem situações de exceção, fato que não ocorreu em todo o Maranhão durante as eleições de 2010.

    ‘A ocorrência simultânea de muitos votos rápidos e tardios pode estar apontando para situação de inserção indevida de votos nas urnas em condições sem fiscalização, compatível com a modalidade de fraude de ’emprenhamento da urna’ pelos mesários’, afirmam o engenheiro de Tecnologia de Informação Almicar Filho e a advogada Maria Cortiz, responsáveis pelo laudo técnico.

    A governadora do Maranhão foi reeleita em 2010, em primeiro turno, com 1.459.192, ou 50,08% dos votos válidos. O segundo colocado, Flávio Dino, teve 29,48% dos votos e Jackson Lago (PDT), 19,53%. Roseana foi reeleita em primeiro turno por uma diferença de cinco mil votos em comparação à soma dos demais candidatos.

    Conforme laudo técnico obtido pelo iG, em algumas sessões eleitorais, como na cidade de Barreirinhas, cerca de 20% dos votos foram registrados após o encerramento da votação. Na 83ª sessão eleitoral, por exemplo, dos 333 votos registrados, 50 ocorreram após as 17h20. Em Cantanhede, na 103ª sessão eleitoral, 49 votos foram contabilizados após o fechamento das urnas, de um total de 278.

    Além desta denúncia, o TRE-MA determinou que a Polícia Federal investigasse a formalização de convênios realizados com prefeituras no Maranhão durante o ano de 2010. A oposição ao governo Roseana Sarney afirma que os repasses a Municípios, no valor de aproximadamente R$ 800 milhões, até hoje não foram aplicados.

    Essas denúncias também constam no Recurso contra Expedição de Diploma (RCED) contra a governadora Maranhão que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A expectativa é que esse julgamento ocorra até o final do primeiro semestre deste ano.

    Procurada pelo iG, a assessoria de Roseana Sarney não deu retorno até a publicação desta reportagem.

Deixe um comentário