Secretária diz que não dá para colocar ônibus para o residencial Santa Rita

Quando a imprensa chega ao residencial Santa Rita a primeira reclamação que ouve vem de pais e alunos. O problema é que muita gente tá perdendo aula porque estuda no centro ou em bairros distantes até 4 kms de onde moram e dependem de dois micro-ônibus que veem da região do Montevideo e do Sabiazal.

Existem dois problemas – faltam demais e quando passam estão lotados porque não são exclusivos dos alunos do residencial.

ARROZ, GALINHA E MOTO

O blog ouviu a mãe de aluno Eliane Farias Monteiro. Ela denunciou que até galinha, sacos de arroz e motocicletas já foram vistas ocupando lugar que era pra ser apenas dos estudantes.

“Vem galinha, tem umas meninas pra li que diz que de manhazinha quando chegou lá diz que ônibus passou e tava cheio de galinha lá dentro, diz que saco de arroz, diz que tinha duas motos, uma broz e uma biz. Carro é pra carregar é gente, não é essas coisas não, diz que não foram pro colégio, voltaram todo mundo, porque não tinha lugar pra elas irem dentro do Ônibus”, denunciou

Além da TV Mirante, a FCTV também constatou o mesmo problema ouvindo os moradores.

“Tem dia que não aparece de jeito nenhum porque diz que tá quebrado, tá num sei o quê, sei que os meninos não tão indo pra escola não, tem muito aqui que não tão indo pra escola”.

O GRANDE PEDIDO

O grande pedido da comunidade escolar do Santa Rita é um ônibus exclusivo, assim deixarão de pegar carona nos que passam vindo do Montevideo ou do Sabiazal, quase sempre já lotados.

“Tem que ter um Ônibus só pra cá pro residencial, só pra cá porque vem Ônibus do Montevideo, não sei dá onde, não sei da onde e os de lá vão pra escola, os daqui não vão por quê?, os de lá são gente, os daqui são o quê? Tem que ter um Ônibus só pra cá pro residencial”, reforçou, com ar de indignação, dona Eliane Monteiro

RESPOSTA DA SECRETÁRIA

O jornalismo da TV Mirante conseguiu falar com a secretária Rosina Benvindo a respeito da solicitação dos alunos do residencial.

Sem gravar entrevista, informou que não há recursos para colocar ônibus exclusivo para aquela comunidade porque já existem 23 transportes alugados, 11 micro-ônibus do programa Caminhos da Escola (Governo Federal) e cerca de 8 vans também alugadas em atividade hoje no município.

Na opinião de Benvindo, também não cabe colocar transporte escolar para área urbana, ou seja, quem é da cidade deve se virar para chegar à sua escola, mesmo na situação reclamada pelos moradores do residencial Santa Rita.

9 comentários sobre “Secretária diz que não dá para colocar ônibus para o residencial Santa Rita”

  1. RAPAZ É UM PROBLEMA ATRÁS DO OUTRO…

    já existem 23 transportes alugados,…..
    de 8 vans também alugadas em atividade hoje no município

    COMO SERÃO ESTES TRANSPORTES??
    SERÁ O PAU- DE -ARARA??

    é muito dinheiro derramado fora com aluguel….

    MP ACORDA… VAMOS ATRÁS DISSO NEH…

  2. A SECRETÁRIA ESTÁ CERTÍSSIMA. IDA E VOLTA DA ESCOLA É RESPONSABILIDADES DOS PAIS. IMAGINEM ESSE PESSOAL MORANDO NUMA CAPITAL EM BAIRROS QUE PRECISA DE TRÊS CONDUÇÕES OU MAIS…

  3. E desde quando existe o interesse em educar o povo? Sabem que povo educado e esclarecido dá trabalho pra manipular, então é melhor deixar do jeito que está. Até rimou.

  4. O posicionamento e resposta da Secretária Rosina está correta, em meu ponto de vista, pois o transporte para os alunos devem ser destinados, exclusivamente, para os que residem na zona rural, que devido a grande distância entre suas localidades até a escola, comprometeria a chegada dos alunos em seu ambiente escolar. Finalizando, faltou bom senso nessa reclamação das pessoas, pois afinal de contas a distância entre o residencial santa rita em relação ao centro de Codó não comprometeria em nada a chegada dos alunos em seu ambiente escolar, falta apenas planejamento dos mesmos para que procurem meios que cabe a cada um dos alunos que residem, no residencial Santa Rita, para realizarem seu deslocamento até as escolas, sem que haja a necessidade de depender dos transportes exclusivos para os alunos das Zonas Rurais.

  5. O CORRETISSIMO SERIA SABE O QUE??
    OS VEREADORES APROVAREM PROJETOS DE coletivo… ai sim sairia muito bom!!

    sabe o que é isso??
    é que o ZITO brinca de ser prefeito e brinca ainda com a cara da população!!
    e a não sabe administrar uma secretaria.. ai quem sofre é a população que vai pagar 26% na conta… que vai ter que se rebolar pra amenizar e dar ao seu filho um estudo que aqui in codó não tah essas coisas!!

  6. INTERESSANTE! NÃO HÁ ESCOLAR PRA LEVAR AS CRIANÇAS DO RESIDENCIAL PARA AS ESCOLAS, MAS EXISTE ESCOLAR PRA LEVAR- NOS FINAIS DE SEMANA- PESSOAS AO BANHO, AO FUTEBOL NA ZONA RURAL, PRA VIAGENS DE RELIGIOSOS…EM BREVE VOU REGISTRAR UM DESSES MOMENTOS E IREI FAZER QUESTÃO DE DIVULGAR ESTA POUCA VERGONHA, APÓS LEVAR O CASO AO MINISTÉRIO PÚBLICO.
    AGUARDE.

Deixe uma resposta