Sindicato dos mototaxistas quer audiência com MP e governo Zito

O Sindicato dos Mototaxistas de Codó está aguardando para esta terça-feira, 26, uma resposta do Ministério Público marcando data para uma audiência entre o Sindtac, representantes da Prefeitura e os mototaxistas.

A categoria pretende cobrar ações urgentes que se arrastam há meses sem qualquer sinal do governo. Entre as reivindicações estão a placa vermelha para todos as motos, alvará de funcionamento dos postos e a numeração exata do número de pessoas que poderão trabalhar na profissão, com posterior controle de entrada e saída.

Calculando, o vice-presidente do Sindicato, Antonio Carlos Sales da Silva, o Carlinhos, disse ao blogdoacelio que pela população que tem, Codó não pode ter mais do que 840 mototaxistas. Hoje circulam cerca de 1.300.

O Sindicato está incomodado com a situação de desordem instalada dentro da categoria.

Deixe um comentário