Supervisor fará capacitação em Belém sobre ‘teste rápido’ para diagnosticar Calazar

Jorsival Guimarães

O supervisor de combate à Leishmaniose de Codó, Jorsival Guimarães, já está preparando as malas para mais uma viagem de capacitação.

Desta vez seu destino será a cidade de Belém, capital do Estado do Pará, onde participará nos dias 25 e 26 de abril, de um treinamento para a realização do chamado teste rápido para detectar a doença Calazar no sangue de cães suspeitos.

Ao retornar sua missão será ensinar à todos os interessados da regional que inclui seus companheiros de Codó, Timbiras, Peritoró, Coroatá, Alto ALEGRE DO Maranhão e São Mateus.

Um dos benefícios do teste rápido, para Codó, por exemplo, é que ele eliminará a necessidade de enviar o sangue coletado para Caxias, cidade mais próxima com centro de zoonoses. O resultado do teste sai entre 10 a 20 minutos e as providências serão imediatamente tomadas, com a anuência do dono do cachorro com diagnóstico positivo, ou seja, o animal será sacrificado.

Caso o proprietário queira uma contraprova, será então encaminhada a mesma amostra ao centro de zoonoses de Caxias.

Deixe uma resposta