Suspeito de estupro no Codó Novo diz que é assaltante, estuprador não.

Suspeito
Suspeito

A Polícia Militare, posteriormente, a Civil,  apresentou ontem (22) à imprensa codoense, Idenilson Lima da Silva, 28 anos, morador do bairro Nova Jerusalém.

Ele é o principal suspeito de ter golpeado a faca e  violentado sexualmente duas mulheres no Codó Novo, no último fim de semana, sendo preso horas depois quando tentava fugir no Km 17. Perguntado sobre se teria realizado o estupro, o suspeito negou veementemente afirmando que era, parece que com muito orgulho, assaltante e não estuprador.

“Não estuprei ninguém não…DELEGADO RÔMULO FALOU QUE NÃO TEM SÓ ESSAS AÍ NÃO, PODE TER MUITO MAIS? Rapaz ele pode falar o que ele quiser, ele é o delegado”, respondeu grosseiramente ao repórter Chico Elton (TV Codó).

As vítimas o reconheceram, mas ainda falta o exame de conjunção carnal para saber se houve ou não o estupro e em qual das vítimas. Em entrevista ao Xerife, Sena Freitas (FCTV), o preso pediu diversas vezes que fosse feito um exame também nele. Na opinião de Idenilson, isso comprovará o que afirma, ou seja, que não praticou o estupro.

O caso deve ter desfecho ainda esta semana quando a mídia voltará a divulgar novas informações.

Deixe um comentário