Fale com Acélio

Em seu discurso durante a última Sessão Ordinária de 2023, realizada na terça-feira (19), o vereador Araújo Neto, denunciou e solicitou providências ao Executivo Municipal para a difícil situação dos agricultores de Codó. De acordo com denuncias feitas pelos produtores ao parlamentar, os recursos do Programa Nacional de Aquisição de Alimentos (PNAI-30), relativos aos meses de outubro e novembro, não foram pagos. Ao todos são 22 associações e 50 produtores da Agricultura Familiar sem receber o recurso, alguns também não receberam os meses de junho e julho.

“Senhor presidente, ano difícil, ano de muita dificuldade, e eu venho a essa tribuna pra fechar o ano pra ver se esse meu discurso toca o coração de sua excelência, seu prefeito. Eu recebi hoje, por parte dos agricultores de Codó, um reclame do não pagamento do PNAI-30 pra esses agricultores dos meses de outubro e novembro, na sua grande maioria, são 22 associações, e mais de 50 individuais, e alguns sem receber os recursos de junho e julho. E eles estiveram hoje na Prefeitura, estão prometendo a eles pagar até o dia 28, e eu venho aqui me solidarizar com os agricultores de Codó por esse ano tão difícil”, declarou o vereador.

O parlamentar também relatou sobre o triste desabafo de uma agricultora, que se sentiu humilhada quando foi procurar o prefeito para pedir seus direitos durante um evento da Educação. “E ela me dizendo, vereador Araújo Neto, hoje eu me senti a pior das piores pessoas, quando eu fui falar com o prefeito agora à noite na Flick, e algumas pessoas do entorno achando que eu estava lá para pedir alguma coisa para o prefeito. Eu estava lá para querer que os meus direitos fossem cumpridos. E eu dizendo a ela: companheira, você imagina o vigia, o zelador, que passam 3 meses de salário atrasado e ficam, através dos meios de comunicação, cobrando o pagamento de um direito que é seu

Recursos chegam e não são repassados aos agricultores

O vereador Araújo Neto encerrou seu discurso explicando que os recursos da merenda escolar, relativo aos últimos 10 meses, no valor de 3 milhões de reais, já chegaram ao governo municipal, mas ainda não foram repassados para os produtores. De acordo com o edil mais de 400 mil reais tem para ser pago do agricultor de Codó.

“O agricultor com esse recurso vai comprar sua semente, vai comprar os insumos, vai pagar o combustível para cortar a sua terra para poder no ano que vem colher e vender de novo os seus produtos. Os produtos já foram fornecidos, mas eles não receberam. Não poder ter um Natal com fartura, não poder entrar o ano com dignidade, não podemos concordar. É preciso que o sr. Prefeito, tenha o mínimo de sensibilidade. Esse é o nosso pleito, e assim nós fechamos o ano para que em 2024 Deus possa nos abençoar e nós possamos fazer as mudanças que Codó precisa”, concluiu.

Um comentário sobre “Vereador Araújo Neto solicita providências ao Executivo para a difícil situação dos agricultores de Codó”

  1. Se nem estória esse vereador sabe contar para convencer, como essa de uma senhora inexistente, que dirá lidar com a verdade.
    A verdade é que ele tá estremecendo de inveja do bom trabalho do Zaidan, atual secretário de agricultura.
    A verdade é que ele, quando era o secretário de agricultura, usou o PNAI como moeda de troca por voto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

 

 

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias