Pastor Max negocia reivindicações e alunos do CEQFAM desocupam prédio da URE em Codó

Max ouve alunos/FOTO: Raphel Fernandes
Max ouve alunos/FOTO: Raphel Fernandes

Após três dias de ocupação do prédio da Unidade Gestora de Educação em Codó, pelos alunos do Centro Quilombola de Formação por Alternância Ana Moreira (CEQFAM), localizada no Povoado Santo Antônio dos Pretos e mantida pela Rede Estadual de Educação, as reivindicações dos estudantes foram atendidas. Com a finalidade de pleitearem, principalmente, a alimentação necessária para os alunos, os jovens finalmente tiveram a solução de seus problemas. O fim do impasse contou com a intervenção do Vereador Max Tony (PT do B), cuja participação efetiva foi decisiva nas negociações.

No dia 14 de junho, o parlamentar foi à sede da Regional e falou diretamente com a Chefa de Gabinete do Secretário de Estado da Educação, Sra. Fernanda, que imediatamente acionou os responsáveis e logo as providências necessárias foram tomadas, garantindo o recurso da alimentação com o depósito na conta da instituição. Após resolver o problema dos recursos da alimentação, Max Tony e Solon da Nóbrega reuniram-se com alunos e professores para intermediar uma negociação com a gestora Raimunda Sousa da Silva, com o objetivo de encerrar a ocupação do prédio da URE.

Soluções para o CEQFAM

Uma comissão de alunos e professores foi formada e, após conversa entre ambas as partes, várias sugestões foram postas pelos alunos e professores para melhoria da CEQFAM. Após o anúncio das providências tomadas, muitas já em processo de licitação pelo estado, como: o poço artesiano, implantação do sistema produtivo, estrutura de alojamento, entre outras, os alunos decidiram desocupar o órgão. Durante as negociações, foi elaborado pelo Vereador Max Tony e assinado pelas partes um termo de compromisso, contendo as reivindicações dos alunos. Além disso, será lavrado documento com o conteúdo da reunião pela URE. O parlamentar afirmou que acompanhará e cobrará para que essas melhorias de fato aconteçam em benefício dos alunos.

Codó ver renascer seu movimento estudantil

A aluna Ruth, representantes do grupo de alunos ocupantes da URE, agradeceu a intervenção do vereador Pastor Max dizendo que sua atitude foi uma demonstração do compromisso que o mesmo tem pelos alunos e professores, e que todos estariam apenas buscando a garantia dos seus direitos. O professor Clóvis também agradeceu a ajuda do Pastor Max que foi importante para a solução do problema e pediu que o mesmo continuasse com esse compromisso com os alunos e com a escola.

O vereador Pastor Max parabenizou os alunos pela forma como conduziram a situação, demonstrando, apesar da idade, um nível de politização e maturidade na hora de reivindicar seus direitos e que poderiam contar com sua ajuda. “Vivemos um momento importante em nosso município, a consolidação da democracia. Tivemos manifestações feitas pelos alunos da UFMA, do IFMA e agora da CEQFAM de forma consciente e democrática, sem agressões ou depredações”. Declarou o edil

Ascom/Vereador Max Tony

Deixe um comentário