Vila Camilo II reclama de escuridão e areia nas ruas

Conversando

Representantes das ruas Pedro Costa, São José, Santa Clara e Rei Davi, todas da Vila Camilo II, foram ontem,31, na Secretaria de Infraestrutura pedir ao secretário Márcio Esmero iluminação pública e outras benfeitorias. A lavradora Maria Jacinta Silva Barbosa mostrou ao blog do Acélio sua conta de energia onde aparece o valor da Contribuição de Iluminação Pública – CIP – no valor de R$ 3,52.

“Não tem luminária não senhor, tá só os postes, tá escuro demais, muito perigoso as crianças não podem nem andar para o colégio de noite, sujeito cobra morder porque tem muita cascavel que nós já matamos”, garantiu dona Maria Jacinta

Na rua Santa Clara o problema seria a falta de pavimentação. A areia impediu até a ambulância do Samu de socorrer a irmã da dona de casa Maria Jacirene Gomes.

Moradoras da Vila

“Ela adoeceu, chamou a Samu e a Samu não foi porque não tem condição de entrar, é areia demais. Nós estamos querendo do secretário que ele vá lá e dê uma ajuda em nos lá na luz e na areia porque senão nós vamos morrer lá dentro e não pode sair”, disse

Márcio Esmero as atendeu e disse que ia ver o problema.

Deixe um comentário