A greve em PERITORÓ na visão do secretário de Educação Jonadson Delgado

O blogdoacleio entrevistou o secretário de Educação do município de Peritoró, professor  Jonadson Fernando Higino Delgado, sobre todos os itens da pauta de reivindicação dos professores que estão de greve desde o dia 6  de agosto.

GREVE POLÍTICA

Secretário Jonadson Delgado
Secretário Jonadson Delgado

Na opinião dele, a greve é a manifestação de um grupo pequeno de educadores que ‘ainda não desceram do palanque de 2012, ou seja, uma greve política ‘não prejudicial neste primeiro momento”.

 “Quando eles falam que a greve alcança 90% eles faltam com a verdade. Na verdade nós temos as escolas da zona rural funcionando normalmente, na sede  nós temos alguns adeptos à greve e como eu já comentei são pessoas  que estão ainda, não desceram do palanque ainda, que estão pensando na política de 2012, então a gente não ver essa greve como algo prejudicial nesse primeiro momento”

“É preciso eles também compreenderem que existem critérios e que a gente não pode  também fazer coisa que não está ao nosso alcance fazer”, concluiu

R$ 500 MIL DE DEZEMBRO

Na pauta os grevistas apontam que o município recebeu MEIO MILHÃO DE REAIS referente ao mês de dezembro de 2012, dinheiro que deveria ser usado para pagar o salário atrasado do mês em questão, bem como seu décimo terceiro, dívidas do prefeito anterior.

Jonadson disse que não tem conhecimento desse repasse, mas se ele existisse, certamente, não daria para pagar sequer um terço da dívida deixada por Agamenon Milhomem.

Eu não tenho conhecimento do valor que entrou, o valor exato eu não sei te falar esse valor, mas o que a gente sabe é o seguinte: se tiver entrado MEIO MILHÃO, dependendo da conta que foi deixada por eles (seguidores de Agamenon) não dá pra sanar 1/3 do que ficou se devendo, então antes de se pensar como vai se pagar? A gente precisa fazer um plano pra saber  se vai contemplar, se vai ter como se pagar todo mundo e entrar numa negociação de que maneira se vai pagar, pra que não se tenha prejuízo na folha e nos funcionários, porque não adianta você pegar, pagar uma folha de 2012 e ficar devendo uma folha de 2013, então é interessante se saber isso”, afirmou

R$ 720 MIL DE ABRIL PARA REAJUSTAR SALÁRIO

Os professores também cobram um reajuste acima de 8% e afirmam que em abril deste ano o prefeito Pe. Josias Oliveira recebeu R$ 720.000  do Ministério da Educação para aplicar no reajuste. Na opinião do secretário, Josias está quite com a categoria neste item da pauta.

“Foi feito o reajuste, um reajuste de 7,8% para os professores, então com esta parte o governo está quite, foi feito o reajuste. Se existe esta outra de 8,2  (8,22% consta da pauta dos professores), que a gente não viu ainda nem nenhuma portaria, não sabemos de nenhum município que já está contemplando os seus funcionários com esta outra parte aí, então nós desconhecemos”

Então o que diz respeito ao reajuste FUNDEB o município pagou na íntegra a partir do mês de janeiro, pagamos em abril retroativo à janeiro”, fechou

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO SUSPENSO

Outra cobrança veemente dos professores de Peritoró diz respeito a suspensão do programa MAIS EDUCAÇÃO. Jonadson Delgado entende que eles estão enganados a respeito. Disse que a atual adminsitração aumentou o número de escolas beneficiadas de 9 para 11, o problema  está no repasse da verba federal prejudicada por falta de prestação de contas do governo anterior

“O programa MAIS EDUCAÇÃO foi aumentado em Peritoró, nós aumentamos de 9 escolas para 11 escolas. Agora é importante a sociedade saber que por falta de prestação de contas,  porque das 9 escolas, uma teve a sua prestação de contas aprovada (época de Agamenon) até o momento o recurso ainda não caiu, mas nós estamos aguardando, já entramos com uma ação cautelar e estamos aguardando  o recurso cair, mas não depende de nós, o recurso quando ele vem do Governo Federal depende do FNDE e se existe qualquer restrição relacionada à prestação de contas de 2012 então o recurso só é repassado quando tiver tudo ok e eles não fizeram essa prestação de contas em 2012”, concluiu

Um comentário sobre “A greve em PERITORÓ na visão do secretário de Educação Jonadson Delgado”

  1. BOM DIA,
    NESSE MOMENTO DE COSTRANGIMENTO ME DIRIJO AO SECRETARIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO DE PERITORÓ.
    Peritoró – MA
    dezembro/2012
    Decêndio 1º 2º 3º Total
    FPM 808.594,76 162.342,24 264.270,14 1.235.207,14
    ITR 0,00 0,00 0,00 0,00
    IOF 0,00 0,00 0,00 0,00
    CIDE 0,00 0,00 0,00 0,00
    FEX 0,00 0,00 0,00 0,00
    ICMS LC 87/96 0,00 0,00 765,42 765,42
    ICMS LC 87/96-1579 0,00 0,00 0,00 0,00
    FUNDEF 0,00 0,00 0,00 0,00
    FUNDEB 852.132,09 147.641,80 941.506,97 1.941.280,86
    Total 1.660.726,85 309.984,04 1.206.542,53 3.177.253,42
    ISSO PROFESSOR É O QUE ENTROU NO MUNICIPIO DE PERITORÓ NO MÊS DE DEZEMBRO DIA FICOU ESSA BAGATELA DE R$ 941.506,97
    QUE NÃO FOI MAIS SACADO PELO DR. AGAMENON E NÃO VOU NEM PERGUNTAR PRA ONDE FOI O DINHEIRO PQ O SR. SEQUER SABIA QUEM ELE EXISTIA NÃO É MESMO SEM FALAR QUE VCS DO NOVO GONVERNO NÃO PODIA TÁ JOGANDO DESCULPA E DIVIDAS PARA O EX PREFEITO OU VC JONADISON ESQUECEU QUE EXISTIU UM ACORDO POLITICO QUE FOSSE APROVADO AS CONTAS QUE O AGAMENON COM A SUA MAIORIA DE VEREADORES APROVASSEM AS CONTAS DO SR. JOSIAS PAR QUE ELE FOSSE CANDIDATO E PELO MESMO ACORDO AGAMENON ASSINOU NO PARTIDO E NÃO SAIRIA CANDIDATO, COMO TAMBÉM DEIXOU O GRUPO NA ADMINISTRAÇÃO COM CARTA BRANCA E COMO VC SABER ISSO CONTRIBUIU PARA QUE QUE VC HJ SEJE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POR TANTO NÃO SE COSPE NO PRATO QUE SE COME ISSO O TORNA RIDICULO, BUSQUE AS INFORMAÇÕES CORRETAS OU BICO CALADO PASSE A A ASSOSSORIA DE COMUNICAÇÃO RESPONDER QUE ALIAS É UMA BOA EQUIPE LIDERADA POR NATINHO BRITO.
    FRASE ” DESCER DO PALANQUE” AGAMENON NÃO FOI CANDIDATO E NEM TANPOUCO FALA DA GESTÃO ATUAL E DIGA-SE DE PASSAGEM CONTRIBUI HOJE OU O SR. NÃO SABE QUE ELE HOJE TRABALHA COMO MÉDICO DO MUNICIPIO, ALÉM DISSO FAZ ATENDIMENTOS GRATUITO PARA AS PESSOAS QUE NESCESSITAM DE ATENDIMENTO MÉDICO, É POR QUE ELE TEM GRANDES AMIZADES E NÃO SEGUIDORES COMO O SR. MENCIONA NO BLOG.

Deixe um comentário