Codoenses reclamam mas não procuram a Justiça para denunciar operadoras de celular

Os codoenses reclamam de suas operadoras de celular, mas ainda não desenvolveram o hábito de procurar o Ministério Público, na promotoria de defesa do consumidor, ou a Justiça para denunciar os descasos que a cidade enfrenta, principalmente, agora com o período chuvoso.

Praticamente todos os dias tem uma operadora fora do ar ou em determinados horários ninguém consegue falar via celular, nem mandar uma mensagem de texto.

O promotor de Justiça, Gilberto Câmara, informou ao blog do Acélio há poucos minutos, que fez um levantamento junto ao Juizado Especial Cível (antigo de Pequenas Causas) e descobriu que existem apenas 3 reclamações formais contra uma operadora que presta serviços nesta cidade, no caso a reclamada é a TIM.

O levantamento foi feito há cerca de 20 dias. Como a Promotoria de Defesa do Consumidor, a exemplo das demais, atua em defesa da coletividade, o número de apenas 3 reclamantes não é o suficiente para que o MPE entre com uma ação civil pública pedindo um serviço melhor de nossas operadoras.

Se você está insatisfeito com a sua, procure o Ministério Público e denuncie ou vá direto ao juizado especial. Neste caso, quanto mais gente denunciando melhor. Ficar só reclamando para o amigo ou parente, definitivamente, não resolve.

Um comentário sobre “Codoenses reclamam mas não procuram a Justiça para denunciar operadoras de celular”

  1. Realmente, Acélio, eu mesmo estava no momento em que o promotor fez essa declaração. E cumpre ressaltar que esse levantamento que ele fez junto ao Juizado Especial foi para investigar as denúncias que o EMAIL DO CONSUMIDOR representou ao Ministério Público, através da Promotoria do Consumidor de Codó-MA para tomar providências sobre esse fato que prejudica TODOS os codoenses, pois praticamente temos dois celulares por núcleo familiar hoje em Codó.
    É preciso que as pessoas deixem de se reclamar pelos cantos ou entre vizinhos e se dirija até a Promotoria para registrar o caso. Só assim, o Promotor pode tomar providências. Eu representei e pedi uma investigação sobre isso, mas o Ministério Público atende as demandas coletivas, por isso precisa que muitas pessoas reclamem oficialmente na Promotoria para que o Código de Defesa do Consumidor seja respeitado por essas operadoras de telefonia.
    Em Codó ainda não temos PROCON, então vamos à Promotoria de Justiça denunciar as irregularidade relacionadas ao Direito do Consumidor. O promotor Gilberto Câmara já se mostrou solícito aos consumidores, basta reclamarem agora. A título de informação, a Promotoria fica localizada na Rua Afonso Pena, nº 408 – Centro.
    Vamos fazer valer nossos direitos. EMAIL DO CONSUMIDOR – Você CONSUMIDOR em 1º Lugar!

Deixe uma resposta