Fale com Acélio

Professora Milagres, doutora em ciências da Educação, se despediu hoje, 8, de maneira triste de colegas e amigos noticiando em grupo de WhatsApp que foi despedida pelo governo Cidade de Todos ao decidir não apoiar a reeleição da atual gestão.

Ela tinha um contrato destes concedidos pelo município após seletivo.

O que, exatamente, ela escreveu é chocante do ponto de vista educacional e nos leva a uma reflexão pelo seguinte motivo:

O que é mais importante, uma pessoa preparada na sala de aula (doutora em Educação) ou uma  sem qualquer preparo que esteja a apoiar projetos políticos particulares  da gestão?

Leia o que escreveu:

“Bom dia estimados amigos e amigas.

Estou passando aqui para lhes comunicar, que por conta das articulações políticas no momento, e a não adesão a campanha a reeleição do atual prefeito, fui desvinculada das minhas atribuições como professora contratada no município de Codó.

Professora esta que, é…
Pedagoga. Especialista em gestão.

Especialista em Supervisão.
Mestra em Educação.

Doutora em Ciências da Educação.

É lamentável que, para algumas pessoas a política partidária ainda sobrepõe toda e qualquer formação.

Vida que segue, e junto com ela eu sigo, na busca do que acredito.

Na mudança , na transformação e no progresso.Através de uma nova conjuntura na política Codoense.

Dias melhores virão.🤝🏽”

Na minha opinião,  um homem que tem olhos mas não tem visão,  não tem qualquer vantagem sobre um cego.

NINGUÉM AGUENTA MAIS O GOVERNO DESTE HOMEM

5 comentários sobre “CAOS NA EDUCAÇÃO: Professora, doutora em Educação, diz que foi despedida por não apoiar projeto de reeleição em Codó”

  1. Generalizar com um caso de demissão é tentativa inglória de esconder as melhoras visíveis na educação. O tapume é furado. E o cominho político que vc segue é o do retrocesso, pois já vimos esse filme de terror antes com Nagib protagonista no papel de Drácula, sugador insaciável do sangue e suor do nosso povo.
    Ninguém tem amnésia para esquecer que o grupo de Nagib na prefeitura massacrou os professores e arruinou ao máximo a educação; reduziu o número de escolas, faltava merenda constantemente, mas pagava coxinha de quinhentos reais para saborizar dinheiro público em convescote de seu interesse político.
    Siga sozinho, blogueiro, por esse caminho espinhoso que vc sugere sem traquejo. O povo e a grande maioria dos políticos do município e do estado não admitem sequer pensar no retorno do grupelho político em cujo espelho trincado vc se enxerga mal visto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias