Futuro do concurso de Codó está dependendo de uma decisão do prefeito Zito ROLIM

Nós conversamos na manhã desta terça-feira, 19,  com os procuradores do município de Codó, Dr.  Wagner Ribeiro  e  Dr.  Leandro, sobre a reunião que ocorreria entre a prefeitura e a Sousândrade para definir o futuro do concurso público.

A reunião ocorreu, mas todos saíram dela necessitando de um posicionamento do prefeito Zito Rolim. Dr. Leandro explicou que o gestor precisa definir:

  • Se segue com o concurso atual, mantendo os dois editais ora suspensos, tendo que enfrentar a guerra na Justiça e, obviamente, vencê-la;
  • Ou se desiste do atual, anula-o por decreto, devolve o dinheiro dos candidatos e recomeça do ZERO, o que inclui uma nova licitação nos moldes que evitará novas discussões judiciais.

De acordo com os procuradores, Zito deve dá uma resposta sobre isso ainda nesta semana, quando então a prefeitura e a Fundação Sousândrade emitirão uma NOTA OFICIAL a respeito  do assunto.

6 comentários sobre “Futuro do concurso de Codó está dependendo de uma decisão do prefeito Zito ROLIM”

  1. A questão toda para essa definição será que vai durar tanto quanto a decisão de quem apoiar nas eleições desse ano? Tem que ser observado que a empresa que vinha promovendo o concurso já teve gastos com material e pessoal. Será que haverá realmente devolução integral dos valores? Será ainda que não há no contrato feito com tal instituição cláusula de reparação a uma das partes que deu causa à não realização do certame? Aguardaremos as novidades, pois em Codó tudo pode acontecer.

  2. Como eu sou leigo no assunto, entendo q Zito tem q brigar na justiça já q ele junto cos procuradores tem razão. Agora é bom q saiba das consequências do risco de dá continuidade ao concurso numa eventual procedência da ação, pois isso será o norte pra uma ação civil de improbidade administrativa pra todos q participaram do processo licitatório.

  3. JÁ QUE ESTÃO COM TANTA VONTADE DE PREENCHER ESSA VAGAS PORQUE NÃO CHAMAM OS PROFESSORES QUE FICARAM MAIS BEM COLOCADO NO ULTIMO CONCURSO QUE NÃO APARECEU SEUS NOMES NA LISTA. ESSA PESSOAS PASSARAM POR UM PROCESSO RIGOROSO DE AVALIAÇÃO DIFERENTEMENTE DOS AGENTES DE EDEMIAS QUE FORAM EFETIVADO POR VOCÊ PREFEITO. NÃO CONSIGO ENTENDER, DOIS PESOS DUAS MEDIDAS.

  4. O ideal seria que o prefeito se sensibilizasse, devolvesse o dinheiro dos inscritos e iniciasse imediatamente um processo limpo para um novo concurso ainda este ano. Conheço pessoas que não suportam mais as condições de contratadas e estavam se dedicando dia e noite para conseguirem passar neste concurso. Mas quem estar no poder jamais se coloca no lugar de quem precisa, infelizmente.

Deixe um comentário